Principal Matérias Motovelocidade Brasileira fica perto da vice-liderança entre as Seleções do International Six Days Enduro 2023

Brasileira fica perto da vice-liderança entre as Seleções do International Six Days Enduro 2023

Representando a equipe latino-americana feminina, a goiana Bárbara Neves faz história com a motocicleta Honda CRF 250F; Bruno Crivilin e a CRF 250RX são os mais rápidos da delegação nacional

Bárbara Neves, da equipe Honda Racing, destaque brasileiro no International Six Days Enduro 2023. Crédito: Alberto Barbosa/Mundo Press

San Juan (Argentina) – Primeira brasileira na disputa por Seleções do International Six Days Enduro (ISDE), a goiana Bárbara Neves segue fazendo história na principal competição da modalidade. O quarto dia da prova foi realizado nesta quinta-feira (9/11), em San Juan, Argentina, e a pilota da Honda Racing está próxima da vice-liderança ao lado da equipe latino-americana feminina. O time também conta com as chilenas Tania Gonzalez e Valeria Rodriguez, sendo que a brasileira acelera a motocicleta de fabricação nacional CRF 250F.

O quarto dia de disputas teve o mesmo percurso do dia anterior, marcado por três especiais (trechos cronometrados). Os pilotos completaram duas voltas novamente, somando 226 quilômetros. Faltam apenas dois dias de disputas para definir os campeões do ISDE 2023, cuja base é o Circuito San Juan Villicum.

Entre os homens, a Seleção Brasileira ocupa a décima colocação e conta com os pilotos Bruno Crivilin, Rômulo Bottrel e Vinicius Calafati, além de Alexandre Valadares “Brankim”, que por causa de uma queda não completou o primeiro dia e ficou fora da disputa. Todos são representantes da equipe Honda Racing.

No ranking individual, Bruno Crivilin segue como o destaque da delegação brasileira, agora em oitavo lugar da categoria E1 e 28º da classificação geral, com a Honda CRF 250RX. Bottrel é o 24º da classe E2 e 49º da geral, enquanto Calafati ocupa o 19º lugar da E1 e 60º da geral.

Nesta sexta-feira (10/11), o penúltimo dia do ISDE terá trajeto inédito e mais 234 quilômetros de desafios. O evento é o mais tradicional do calendário da Federação Internacional de Motociclismo (FIM), com 110 anos de história. A equipe Honda Racing de Enduro é patrocinada por Pro Honda, DID, ASW, Borilli Racing, NGK e Honda Seguros.

Confira o que disseram os pilotos Honda Racing no quarto dia do ISDE 2023:

Bruno Crivilin (motocicleta Honda CRF 250RX) – “O dia não foi tão difícil, a questão é que bati o pé forte na terceira especial, durante a primeira volta. Vamos ver como será neste penúltimo dia”.

Vinicius Calafati (Honda CRF 250RX) – “As especiais foram as mesmas do terceiro dia, só que com um pouco mais de buracos. Estamos aqui e o negócio é resistir. Acho que caiu um pouco a minha energia no final do dia, mas é assim mesmo. Consegui fluir bem, não caí e não errei nada mais sério. O ritmo vem voltando aos pouquinhos e isso está sendo legal”

Rômulo Bottrel (Honda CRF 450RX) – “Senti bastante cansaço no início da prova e fiz uma primeira volta que não foi legal, mas na segunda volta parece que meu corpo se acostumou e fui bem constante, sem nenhum tombo e fluindo mais”.

Bárbara Neves (Honda CRF 250F) – “Foi um belo dia, trabalhamos muito como equipe e até agora está dando tudo certo. Conseguimos chegar perto da vice-liderança e ainda tem mais dois dias de prova. Estou muito feliz, tem sido a realização de um grande sonho”.

International Six Days Enduro 2023
San Juan / Argentina  


Classificação após quatro dias de prova (três primeiros)

Disputa por Seleções (World Trophy)

1 – Estados Unidos – 11:53:51.32
(#50 Taylor Robert, #51 Johnny Girroir, #52 Dante Oliveira e #53 Cole Martinez)
2 – França – 12:04:55.01
(#40 Theophile Espinasse, #41 Leo Le Quere, #42 Loic Larrieu e #43 Julien Roussaly)
3 – Grã-Bretanha – 12:05:05.34
(#10 Jamie Mccanney, #11 Jed Etchells, #12 Nathan Watson e #13 Alex Snow)
10 – Brasil – 21:53:57.78
(#140 Rômulo Bottrel, #141 Vinicius Calafati, #142 Alexandre Valadares “Brankim” e #143 – Bruno Crivilin / Equipe Honda Racing Brasil)

Disputa FEMININA por Seleções (Women´s World Trophy)

1 – Estados Unidos – 10:34:18.19
(#313 Brandy Richards, #314 Korie Steede e #315 Rachel Gutish)
2 – Austrália – 12:49:37.65
(#307 Jessica Gardiner, #308 Tayla Jones e #309 Danielle McDonald)
3 – Equipe FIM Latino-América – 12:59:33.75
(#319 Bárbara Neves – BRA / Equipe Honda Racing Brasil, #320 Tania Gonzalez – CHL e #321 Valeria Rodriguez – CHL)

Resultados Individuais

Geral
1 – #33 – Josep Garcia (ESP) – 2:52:49.18
2 – #20 – Andrea Verona (ITA) – 2:53:21.81
3 – #52 – Dante Oliveira (EUA) – 2:57:25.45
28 – #143 – Bruno Crivilin (BRA) – 3:06:35.94 – Equipe Honda Racing Brasil
49 – #140 – Rômulo Bottrel (BRA) – 3:20:55.17 – Equipe Honda Racing Brasil
60 – #141 – Vinicius Calafati (BRA) – 3:26:26.67 – Equipe Honda Racing Brasil
82 – #319 – Bárbara Neves (BRA) – 4:20:33.62 – Equipe Honda Racing Brasil

Categoria E1
1 – #33 – Josep Garcia (ESP) – 2:52:49.18
2 – #40 – Theophile Espinasse (FRA) – 3:00:50.16
3 – #11 – Jed Etchells (GBR) – 3:00:50.71
8 – #143 – Bruno Crivilin (BRA) – 3:06:35.94 – Equipe Honda Racing Brasil
19 – #141 – Vinicius Calafati (BRA) – 3:26:26.67 – Equipe Honda Racing Brasil
33 – #319 – Bárbara Neves (BRA) – 4:20:33.62 – Equipe Honda Racing Brasil


Categoria E2
1 – #20 – Andrea Verona (ITA) – 2:53:21.81
2 – #52 – Dante Oliveira (EUA) – 2:57:25.45
3 – #50 – Taylor Robert (EUA) – 2:57:35.82
24 – #140 – Rômulo Bottrel (BRA) – 3:20:55.17 – Equipe Honda Racing Brasil


Resultados DIA 4 (três primeiros)

Disputa por Seleções (World Trophy)

1 – Estados Unidos – 2:46:10.87
(#50 Taylor Robert, #51 Johnny Girroir, #52 Dante Oliveira e #53 Cole Martinez)
2 – Itália – 2:46:14.80
(#20 Andrea Verona, #21 Kevin Cristino, #22 Morgan Lesiardo e #23 Samuele Bernardini)
3 – França – 2:48:19.54
(#40 Theophile Espinasse, #41 Leo Le Quere, #42 Loic Larrieu e #43 Julien Roussaly)
9 – Brasil – 5:20:34.67
(#140 Rômulo Bottrel, #141 Vinicius Calafati, #142 Alexandre Valadares “Brankim” e #143 – Bruno Crivilin / Equipe Honda Racing Brasil)

Disputa FEMININA por Seleções (Women´s World Trophy)


1 – Estados Unidos – 2:35:55.85
(#313 Brandy Richards, #314 Korie Steede e #315 Rachel Gutish)
2 – Equipe FIM Latino-América – 3:11:22.66
(#319 Bárbara Neves – BRA / Equipe Honda Racing Brasil, #320 Tania Gonzalez – CHL e #321 Valeria Rodriguez – CHL)
3 – Austrália – 4:40:43.42
(#307 Jessica Gardiner, #308 Tayla Jones e #309 Danielle McDonald)

Resultados Individuais

Geral
1 – #33 – Josep Garcia (ESP) – 39:57.96
2 – #20 – Andrea Verona (ITA) – 40:16.39
3 – #50 – Taylor Robert (EUA) – 41:01.55
36 – #143 – Bruno Crivilin (BRA) – 44:27.60 – Equipe Honda Racing Brasil
52 – #140 – Rômulo Bottrel (BRA) – 47:39.37 – Equipe Honda Racing Brasil
57 – #141 – Vinicius Calafati (BRA) – 48:27.70 – Equipe Honda Racing Brasil
82 – #319 – Bárbara Neves (BRA) – 1:01:40.36 – Equipe Honda Racing Brasil


Categoria E1
1 – #33 – Josep Garcia (ESP) – 39:57.96
2 – #23 – Samuele Bernardini (ITA) – 41:05.07
3 – #11 – Jed Etchells (FRA) – 42:01.47
13 – #143 – Bruno Crivilin (BRA) – 44:27.60 – Equipe Honda Racing Brasil
18 – #141 – Vinicius Calafati (BRA) – 48:27.70 – Equipe Honda Racing Brasil
33 – #319 – Bárbara Neves (BRA) – 1:01:40.36 – Equipe Honda Racing Brasil


Categoria E2
1 – #20 – Andrea Verona (ITA) – 40:16.39
2 – #50 – Taylor Robert (EUA) – 41:01.55
3 – #51 Johnny Girroir (EUA) – 41:06.04
26 – #140 – Rômulo Bottrel (BRA) – 47:39.37 – Equipe Honda Racing Brasil

Jornalista responsável: Ângela Monteiro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Honda Racing defende liderança do SuperBike Brasil em Interlagos

Eric Granado quer ampliar vantagem na SuperBike Pro, com João Carneiro e Guilherme Brito d…