Principal Matérias Motovelocidade Honda Racing defende liderança das principais categorias na 3ª etapa do Brasileiro de Motocross

Honda Racing defende liderança das principais categorias na 3ª etapa do Brasileiro de Motocross

Stephen Rubini (MX1) e Vitor Borba (MX2 e MX2JR) chegam a Campo Grande (MS) nas primeiras colocações; Gustavo Pessoa e Jetro Salazar, pela MX1, e Bernardo Tibúrcio (MX2) também confirmam presenças

Francês Stephen Rubini, da equipe Honda Racing, líder da categoria MX1 no Brasileiro de Motocross 2024. Crédito: Ney Evangelista/Mundo Press

Campo Grande (MS) – O Brasileiro de Motocross está de volta no próximo fim de semana (4 e 5/5), para a terceira etapa da temporada 2024. Campo Grande (MS) é o palco das disputas no circuito montado no Parque Jacques da Luz, com expectativa de público numeroso – ainda mais porque entrada será gratuita. Para os pilotos da equipe Honda Racing, a meta é defender a liderança das principais categorias, MX1 e MX2, além da MX2JR, mantendo o bom desempenho neste começo de campeonato.

Com a Honda CRF 450R, o francês Stephen Rubini assumiu a ponta da MX1 após as corridas da segunda etapa, em Canelinha (SC). Em Campo Grande, ele leva em sua moto o number plate vermelho (destinado ao líder) disposto a não o perder. “O objetivo é continuar com ele e ampliar a vantagem. É mais uma pista nova para mim, mas estou pronto para fazer o meu melhor e espero me divertir.”

Quinto na classificação do campeonato, Gustavo Pessoa, também com a CRF 450R, é mais um que chega motivado à terceira etapa. “Estou bastante animado, espero fazer duas baterias sólidas e ser competitivo na etapa para brigar de igual para igual com os adversários”, destacou o paulista.

Jetro Salazar se recuperou em Canelinha do início difícil na competição e espera manter a evolução. “Venho em uma crescente e o objetivo é brigar com os três primeiros, que estão em um nível bastante elevado. Cada vez me sinto melhor, a semana de treinos foi muito boa para mim, estou mais conectado com a moto e comigo mesmo”, disse o equatoriano, outro que comanda a CRF 450R.

O catarinense Vitor Borba encara um desafio em dose dupla. A etapa em seu estado natal o levou a ampliar a vantagem na MX2JR e a comandar também a MX2, com a CRF 250R. Trabalho não faltou para seguir à frente em ambas. “Estou com o pensamento muito positivo, me preparei para isso e estamos nos aproximando da metade do campeonato. É o momento mais importante para conseguir bons resultados e brigar pelo título lá na frente. Vou em busca de colocar a equipe mais uma vez no alto do pódio”.

Bernardo Tibúrcio, com outra CRF 250R, liderou a MX2 após a primeira etapa e está a apenas sete pontos do companheiro Borba na categoria. “Desde a última etapa treinamos muitos aspectos específicos que não saíram tão bem em Canelinha. Estou focado, bem preparado e não vejo a hora de largar de novo”, resumiu o mineiro.

A equipe Honda Racing de Motocross tem o patrocínio de Pro Honda, Honda Seguros, DID, NGK, Ogio, Alpinestars e Pirelli.

Equipe JP Pro Honda – A equipe satélite JP Pro Honda também representa a marca em Campo Grande. Hector Assunção é o sexto colocado na classificação da MX1. Seu irmão Roosevelt Assunção compete na MX3, na qual ocupa a terceira posição. Sem as disputas da MXF (Feminina), Tatá Castro também alinha na categoria, para manter o ritmo de competição. Na MX5, Rogério Nogueira chega à etapa apenas três pontos atrás do líder. Franco Iavecchia é o representante na MX2.

3ª etapa – Campeonato Brasileiro de Motocross 2024
Local: Parque Jacques da Luz – Campo Grande (MS)
Entrada Franca

Programação* (horários de Brasília)

4/5 (Sábado)

Treinos livres
Das 8h30 às 8h55 – MX2
Das 9h00 às 9h25 – MX1
Das 9h55 às 10h10 – 50cc
Das 10h15 às 10h30 – MXJR
Das 10h50 às 11h05 – MX5
Das 11h10 às 11h25 – MX2
Das 11h30 às 11h45 – MX2JR
Das 11h50 às 12h05 – Nacional
Das 12h10 às 12h25 – 65cc

Treinos classificatórios
Das 13h05 às 13h35 – MX2
Das 13h40 às 14h10 – MX1
14h40 – 50cc – Prova classificatória
15h00 – MXJR – Prova classificatória
Das 15h35 às 15h55 – MX5
Das 16h às 16h15 – MX3
16h25 – MX2JR – Prova classificatória
16h45 – Nacional – Prova classificatória
17h00 – 65cc – Prova classificatória

Provas
18h – MX5 (15min + 2 voltas)
17h25 – 50cc (15min + 2 voltas)

5/5 (Domingo)

Warm-up
Das 8h45 às 9h – MX2
Das 9h05 às 9h20 – MX1
Das 9h25 às 9h35 – MX2JR
Das 9h40 às 9h50 – 65cc
Das 9h55 às 1005 – Nacional
Das 10h10 às 10h20 – MXJR
Das 10h25 às 10h35 – MX3

Provas
11h – MX2JR (20min + 2 voltas)
11h30 – 65cc (15min + 2 voltas)
11h55 – Nacional (15min + 2 voltas)
13h10 – MX2 (30min + 2 voltas)
14h10 – MX1 (30min + 2 voltas)
15h00 – MX3 (20min + 2 voltas)
15h35 – MXJR (20min + 2 voltas)
16h30 – Elite MX – MX1 + MX2 – (30min + 2 voltas)
17h10 – Pódio das categorias Elite MX, MX1 e MX2

* A programação é fornecida pela organização do evento e está sujeita a alterações.

Mundo Press – Assessoria de Imprensa da Honda Racing Brasil 

Jornalista responsável: Ângela Monteiro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Granado retoma disputa do Mundial de MotoE

Mais de um mês após a etapa de abertura em Portugal, brasileiro da LCR E-Team disputa na F…