Principal Matérias Motovelocidade Brasileira avança para o 3º lugar na disputa por Seleções do International Six Days Enduro 2023

Brasileira avança para o 3º lugar na disputa por Seleções do International Six Days Enduro 2023

Com a equipe latino-americana feminina, Bárbara Neves é destaque acelerando a Honda CRF 250F; Bruno Crivilin é o melhor piloto brasileiro com a Honda CRF 250RX após dois dias de prova

Goiana Bárbara Neves acelera a motocicleta Honda CRF 250F no segundo dia de disputas do ISDE 2023. Crédito: Alberto Barbosa/Mundo Press

 

Ao lado da Seleção Latino-Americana, a brasileira Bárbara Neves avançou para o terceiro lugar na disputa do International Six Days Enduro (ISDE) 2023, nesta terça-feira (7/11), após dois dias de prova. Esta é a primeira vez que o Brasil é representado na disputa feminina por Seleções e a goiana da equipe Honda Racing acelera a motocicleta de fabricação nacional CRF 250F – outro fato inédito no ISDE. A competição é a principal do calendário internacional do Enduro e tem como base o Circuito San Juan Villicum, em San Juan, Argentina.

Neste segundo dia, os competidores encararam o mesmo percurso da abertura, com 226 quilômetros e especiais (trechos cronometrados) técnicas, em solo macio e com pedras. Após estrearem em quarto lugar na disputa feminina, Bárbara e suas companheiras de time, as chilenas Tania Gonzalez e Valeria Rodriguez, subiram uma posição na tabela. Elas estão atrás das Seleções dos Estados Unidos, a primeira colocada, e da Austrália. O ISDE 2023 também vale pelo Campeonato Latino-Americano Feminino, no qual Bárbara busca o tri.

Nos rankings individuais, os pilotos da equipe Honda Racing seguem em destaque na delegação nacional. Com a CRF 250RX, o capixaba Bruno Crivilin é o melhor brasileiro no ISDE 2023, em sexto da categoria E1 e em 26º da classificação geral. Rômulo Bottrel (24º da E2 e 50º da geral) e Vinicius Calafati (23º da E1 e 63º da geral) também estão na disputa.

Os três pilotos, ao lado de Alexandre Valadares “Brankim”, que por conta de uma queda não completou o primeiro dia e está fora da disputa, formam a Seleção Brasileira no ISDE. Mesmo com penalidades por conta da ausência de Brankim, o time está em décimo lugar na tabela, cuja atual líder é a Seleção dos Estados Unidos.

Nesta quarta-feira (8/11), o terceiro dia do ISDE, o percurso será outro, com 230 km e mais de 7h30 de disputas. A tradicional prova, com 110 anos de história, possui seis dias no total e será definida neste sábado (11/11). A equipe Honda Racing de Enduro é patrocinada por Pro Honda, DID, ASW, Borilli Racing, NGK e Honda Seguros.

Confira o que disseram os pilotos Honda Racing no segundo dia do ISDE 2023:

Bruno Crivilin (motocicleta Honda CRF 250RX) – “Fim do segundo dia e foi igual ao primeiro, bem desgastante. O caminho ficou bastante esburacado e tinha um pedaço liso. Foi um dia bom, fui bem do início ao fim, tirando a última especial, na qual perdi um pouco o ritmo. Vou me recuperar agora, o percurso será o mesmo no terceiro e no quarto dias, parece que serão ainda mais duros. Vamos em frente porque não está nem na metade”.

Vinicius Calafati (Honda CRF 250RX) – “O deslocamento estava mais difícil, mais esburacado, mas eu fisicamente respondi um pouco melhor, acabei mais inteiro que no primeiro dia. Mais um dia concluído e vamos para o terceiro. Andei tranquilo, porque tinha muito buraco e eu não quis arriscar, quero levar até o final”.

Rômulo Bottrel (Honda CRF 450RX) – “O segundo dia foi bem duro aqui, continuamos com o calor e as especiais estavam completamente destruídas. Mantive a receita de andar em uma tocada segura, obviamente acelerando forte, mas tendo uma certa segurança, e deu certo. Estou pronto para o terceiro dia, a moto já está no parque fechado. Vamos embora.”.

Bárbara Neves (Honda CRF 250F) – “O segundo dia de prova foi muito bom, a gente trabalhou bastante em equipe. A estratégia do primeiro dia foi sentir a prova e agora eu já fiquei mais à vontade. Acho que a gente fez ótimas escolhas para competir aqui, tanto do time como das motos. Foi um belo dia, melhorei os meus tempos e, como equipe, estamos cada vez mais fortes. Fizemos a troca de pneu, a Tânia teve alguns imprevistos, mas a gente trabalhou junta e sem nenhuma penalização. Foi um ótimo dia”.

 

International Six Days Enduro 2023
San Juan / Argentina  


Classificação após dois dias de prova (três primeiros)


Disputa por Seleções (World Trophy)


1 – Estados Unidos – 6:16:53.57
(#50 Talyor Robert, #51 Johnny Girroir, #52 Dante Oliveira e #53 Cole Martinez)

 

2 – Grã-Bretanha – 6:22:14.63
(#10 Jamie Mccanney, #11 Jed Etchells, #12 Nathan Watson e #13 Alex Snow)

 

3 – França – 6:24:08.38
(#40 Theophile Espinasse, #41 Leo Le Quere, #42 Loic Larrieu e #43 Julien Roussaly)

10 – Brasil – 11:12:59.46
(#140 Rômulo Bottrel, #141 Vinicius Calafati, #142 Alexandre Valadares “Brankim” e #143 – Bruno Crivilin / Equipe Honda Racing Brasil)

Disputa FEMININA por Seleções (Women´s World Trophy)


1 – Estados Unidos – 5:29:48.49
(#313 Brandy Richards, #314 Korie Steede e #315 Rachel Gutish)

 

2 – Austrália – 5:34:47.08
(#307 Jessica Gardiner, #308 Tayla Jones e #309 Danielle McDonald)

3 – Equipe FIM Latino-América – 6:35:40.51
(#319 Bárbara Neves – BRA / Equipe Honda Racing Brasil, #320 Tania Gonzalez – CHL e #321 Valeria Rodriguez – CHL)

Resultados Individuais


Geral
1 – #20 – Andrea Verona (ITA) – 1:31:46.30
2 – #33 – Josep Garcia (ESP) – 1:31:49.66
3 – #52 – Dante Oliveira (EUA) – 1:33:26.07
26 – #143 – Bruno Crivilin (BRA) – 1:37:55.84 – Equipe Honda Racing Brasil
50 – #140 – Rômulo Bottrel (BRA) – 1:45:25.96 – Equipe Honda Racing Brasil
63 – #141 – Vinicius Calafati (BRA) – 1:49:37.66 – Equipe Honda Racing Brasil
89 – #319 – Bárbara Neves (BRA) – 2:15:31.54 – Equipe Honda Racing Brasil


Categoria E1
1 – #33 – Josep Garcia (ESP) – 1:31:49.66
2 – #40 – Theophile Espinasse (FRA) – 1:35:37.44
3 – #11 – Jed Etchells (GBR) – 1:35:48.34
6 – #143 – Bruno Crivilin (BRA) – 1:37:55.84 – Equipe Honda Racing Brasil
23 – #141 – Vinicius Calafati (BRA) – 1:49:37.66 – Equipe Honda Racing Brasil
40 – #319 – Bárbara Neves (BRA) – 2:15:31.54 – Equipe Honda Racing Brasil


Categoria E2
1 – #20 – Andrea Verona (ITA) – 1:31:46.30
2 – #52 – Dante Oliveira (EUA) – 1:33:26.07
3 – #50 – Talyor Robert (EUA) – 1:34:08.66
24 – #140 – Rômulo Bottrel (BRA) – 1:45:25.96 – Equipe Honda Racing Brasil


Resultados DIA 2 (três primeiros)


Disputa por Seleções (World Trophy)

1 – Estados Unidos – 3:07:35.32
(#50 Talyor Robert, #51 Johnny Girroir, #52 Dante Oliveira e #53 Cole Martinez)

 

2 – Grã-Bretanha – 3:11:01.18
(#10 Jamie Mccanney, #11 Jed Etchells, #12 Nathan Watson e #13 Alex Snow)

 

3 – Itália – 3:11:08.95
(#20 Andrea Verona, #21 Kevin Cristino, #22 Morgan Lesiardo e #23 Samuele Bernardini)

10 – Brasil – 5:38:08.86
(#140 Rômulo Bottrel, #141 Vinicius Calafati, #142 Alexandre Valadares “Brankim” e #143 – Bruno Crivilin / Equipe Honda Racing Brasil)

Disputa FEMININA por Seleções (Women´s World Trophy)


1 – Estados Unidos – 2:44:59.41
(#313 Brandy Richards, #314 Korie Steede e #315 Rachel Gutish)

 

2 – Austrália – 2:50:00.57
(#307 Jessica Gardiner, #308 Tayla Jones e #309 Danielle McDonald)

3 – Equipe FIM Latino-América – 3:16:43.37
(#319 Bárbara Neves – BRA / Equipe Honda Racing Brasil, #320 Tania Gonzalez – CHL e #321 Valeria Rodriguez – CHL)

 

Resultados Individuais


Geral
1 – #20 – Andrea Verona (ITA) – 45:45.71
2 – #33 – Josep Garcia (ESP) – 46:02.03
3 – #52 – Dante Oliveira (EUA) – 46:25.60
27 – #143 – Bruno Crivilin (BRA) – 49:00.25 – Equipe Honda Racing Brasil
53 – #140 – Rômulo Bottrel (BRA) – 53:47.64 – Equipe Honda Racing Brasil
63 – #141 – Vinicius Calafati (BRA) – 55:20.97 – Equipe Honda Racing Brasil
89 – #319 – Bárbara Neves (BRA) – 1:07:26.92 – Equipe Honda Racing Brasil

Categoria E1
1 – #33 – Josep Garcia (ESP) – 46:02.03
2 – #40 – Theophile Espinasse (FRA) – 47:50.91
3 – #23 – Samuele Bernardini (ITA) – 48:03.41
9 – #143 – Bruno Crivilin (BRA) – 49:00.25 – Equipe Honda Racing Brasil
22 – #141 – Vinicius Calafati (BRA) – 55:20.97 – Equipe Honda Racing Brasil
40 – #319 – Bárbara Neves (BRA) – 1:07:26.92 – Equipe Honda Racing Brasil

Categoria E2
1 – #20 – Andrea Verona (ITA) – 45:45.71
2 – #52 – Dante Oliveira (EUA) – 46:25.60
3 – #12 – Nathan Watson (GBR) – 46:46.82
25 – #140 – Rômulo Bottrel (BRA) – 53:47.64 – Equipe Honda Racing Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Honda Racing defende liderança do SuperBike Brasil em Interlagos

Eric Granado quer ampliar vantagem na SuperBike Pro, com João Carneiro e Guilherme Brito d…