Principal Matérias Motovelocidade Husqvarna conquista dois títulos no Campeonato Brasileiro de Enduro com Luciano Rocha (E3) e Joaquim Neto (EJ)

Husqvarna conquista dois títulos no Campeonato Brasileiro de Enduro com Luciano Rocha (E3) e Joaquim Neto (EJ)

Os pilotos mineiros fecharam a temporada entre os Top4 na Elite Geral, Luciano é vice-campeão e Joaquim quarto do ranking. Maurício Fernandes finaliza também no pódio, em 3º na E50, em Camboriú/SC

Time no pódio: Luciano Rocha (E3), Maurício Fernandes (E50) e Joaquim Neto (EJ) (Ney Evangelista)

Camboriú (SC), outubro de 2023 – Os dois títulos não escaparam das mãos dos líderes do Campeonato Brasileiro de Enduro, nas categorias E3 e EJ, e a Husqvarna Brasil Factory RACING PowerHusky subiu ao lugar mais alto do pódio duas vezes, neste domingo, em Camboriú (SC). Luciano Rocha #94 (TE 300) sagrou-se Campeão na E3 e vice-campeão na Elite Geral e Joaquim Neto #711 (FE 350) fechou 2023 como Campeão na EJ e 4º na Elite Geral. Após 14 etapas e sete rodadas, a equipe encerrou a disputada temporada com dois pilotos no entre os Top5 da geral e, ainda, com o pódio de Maurício Fernandes #111 (TE 300) que finalizou em terceiro na E50.

Foram dois dias de disputas, 14 e 15, na Fazenda Momm, com três Especiais (trechos cronometrados) bem técnicas, trechos escorregadios e muita lama, sobretudo neste domingo, que exigiram dos pilotos e das motos.

Luciano Rocha: Campeão na E3 e vice na Elite Geral (Mateus Pereira)

Aos 22 anos, o mineiro de São José da Lapa venceu no sábado e domingo na E3 e mostrou, mais uma vez, que estava mais focado do que nunca, encerrando a temporada com 12 vitórias (na categoria) em 14 etapas, com uma TE 300. “Foi um fim de semana de tirar o fôlego, com Especiais que exigiram bastante e foi bacana terminar com mais essas duas vitórias”, afirma Luciano Rocha. O campeão da E3 comemora: “É gratificante demais conquistar esse título para Husqvarna no meu primeiro ano aqui. Aprendi e evolui muito este ano. A equipe só tem profissionais que me apoiam e entregavam uma moto perfeita em todas as corridas. Agradeço a todo o time e aos que acreditaram no meu trabalho.”

Joaquim Neto teve também uma temporada muito produtiva venceu sete das 14 etapas na EJ e, desde a primeira rodada, se manteve na liderança. “Foi um ano de muito treino, dedicação e também de superação. Evolui em tocada, no meu modo de pensar. Me manter entre os Top5 da Elite mostra que a evolução tem sido uma crescente. Defender esse título para Husqvarna foi um prazer. A equipe é muito unida e só tenho de agradecer por essa oportunidade.”, destaca. Sobre a adrenalina da última rodada conta: “No sábado foi disputa o dia todo, tanto que eu precisava de cinco segundos e tirei na última Especial para vencer e ser campeão. Já no domingo entrei focado, mas me diverti mais.”. O mineiro tem 22 anos, é de Sarzedo e conquistou o título com uma FE 350.

Com a FE 350, Joaquim terminou no Top4 da Elite (Ney Evangelista)

Já Maurício Fernandes se lesionou e teve um estiramento na perna durante as Especiais de sábado e optou por não largar neste domingo. O paulista conquistou pódios nas seis das sete rodadas, estava na vice-liderança do campeonato e terminou em 3º na E50. Além de piloto, Fernandes é sócio-diretor da Husqvarna no Brasil e um grande incentivador do motociclismo nacional e aposta em jovens talentos promissores.

“Terminar a temporada com dois títulos, confirma que estamos no caminho certo. Foi um ano muito produtivo e de aprendizado para todos. Luciano e Joaquim são pilotos com muito potencial e a evolução foi notória tanto que terminaram entre os quatro mais rápidos da Elite Geral, um vice-campeão e um 4º colocado. Todos estão de parabéns”, finaliza Fernandes.

A equipe Husqvarna Brasil Factory RACING PowerHusky conta com patrocínio da Husqvarna Brasil, Goldentyre Brasil, Grupo 2W Motors, Itaminas, ircuit Equipment e Ride 100% e apoio da ASW e Leatt, Mais informações no site da Power Husky e Instagram @powerhuskymotorcycles e @husqvarna_motorcycles_br

Classificação Final do Campeonato Brasileiro de Enduro (após 14 etapas)

Categoria E3 (cinco primeiros)
1º – Luciano Rocha – 300 pontos (Husqvarna/PowerHusky)
2º – Crispy Arriegada – 270 pontos
3º – Fernando Juruna – 258 pontos
4º – Felipe Cantu – 216 pontos
5º – Nicolas Rodriguez – 152 pontos

Categoria EJ (cinco primeiros)
1º – Joaquim Neto – 283 pontos (Husqvarna/PowerHusky)
2º – Bernardo Tiburcio – 278 pontos
3º – Renato Paz – 255 pontos
4º – João Pedro Basílio – 234 pontos
5º – Jean Zandonadi – 222 pontos

Categoria E50 (cinco primeiros)
1º – Luiz Barbosa Junior – 261 pontos
2º – Júlio Pereira – 241 pontos
3º – Maurício Fernandes – 237 pontos (Husqvarna/PowerHusky)
4º – Frederico Garcia – 97 pontos
5º – Evandro Simonassi – 91 pontos

Elite (Geral) – Top5
1º – Patrick Capila – 266 pontos
2º – Luciano Rocha – 238 pontos (Husqvarna/PowerHusky)
3º – Romulo Bottrel – 233 pontos
4º – Joaquim Neto – 206 pontos (Husqvarna/PowerHusky)
5º – Bernardo Tibúrcio – 201 pontos

 

Texto por Mércia Suzuki

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Maior campeão do SuperBike Brasil, Eric Granado retorna a Interlagos neste fim de semana

Dono dos títulos de 2017 a 2020, Eric está de volta à principal categoria nacional de moto…