A disputa será neste fim de semana no circuito paulistano e promete ser eletrizante. O duelo será contra o jovem e ousado Eric Granado. Diego Pierluigi participará da prova motivado em ajudar ao time Híbridos Club Alex Barros Racing

Máquinas da equipe Híbridos Club (Sampafotos)

Depois de sete etapas eletrizantes e com muitas disputas, passando por quatro autódromos diferentes, o Super Bike Brasil retorna neste fim de semana (de 24 a 26) ao circuito paulistano de Interlagos para a grande final da temporada 2017. E a decisão tem todos os ingredientes para ser especial e emocionante. Apenas Alex Barros e Eric Granado têm chances de buscar o título. De um lado a experiência de Barros, com expressiva passagem pela MotoGP e tendo mais 21 anos  de atuação em mundiais,  de outro a juventude e ousadia de Eric Granado. Com certeza, será um show de pilotagem para a categoria que terá um campeão inédito.

Alexandre Barros volta a disputar um título após dez anos de ‘aposentadoria’. Aos 47 anos, o piloto e chefe da equipe Híbridos Club Alex Barros Racing está focado em brigar até a última curva pelo campeonato. O ‘Vovô Barros’ sabe que a missão não é fácil, mas acredita que as dificuldades e os desafios também são combustíveis para a motivação.

“Sei que o título é difícil, mas eu e a equipe vamos continuar brigando até o final. São 18 pontos, então pelas nossas contas, eu teria vencer as duas corridas e o Eric teria que completar no máximo em terceiro para que eu consiga ser campeão, e ainda tem o ponto da pole. Não será fácil, mas o que tem graça se ficar fácil demais? Vamos lutar, vamos tentar até a bandeirada. Com certeza será uma disputa muito bacana e um belo duelo pelo campeonato. Será uma grande festa para os fãs de motociclismo. Esperamos que o público compareça para prestigiar”, ressalta o experiente piloto, que soma 170 pontos, e é o segundo colocado na classificação do campeonato na categoria SBK Pro.

Barros destaca o trabalho do time Híbridos Club com as motos Honda CBR1000 RR para a disputa da decisão. “Estamos trabalhando nos motores para que possamos ter uma nova melhora nos equipamentos. A nossa parte ciclística está muito boa. Testamos algumas peças novas de suspensão e a moto já melhorou bastante, mas ainda dá para fazer mais ajustes. O que esperamos é que o motor esteja melhor, para nos aproximarmos mais do Eric”, salienta.

Mesmo sem chances de título, o argentino Diego Pierluigi vai entrar na disputa confiante e disposto a dar seu melhor para conseguir um bom resultado nas duas provas e assim poder fechar bem o ano.

“Estou me sentindo melhor depois do acidente em Goiânia. Ainda não sei se vou precisar de cirurgia no ombro, mas para a corrida deste fim de semana, estou bem. São duas provas e infelizmente não tenho como brigar pelo título, mas vou entrar na disputa pensando em fazer o meu melhor e alcançar um bom resultado para fechar o ano da melhor maneira. E, claro que se eu puder ajudar ao Alex para ele conseguir o título, vou fazer. Somos um time e vou correr pela equipe”, comenta o piloto de Buenos Aires, que é o quinto colocado na tabela, com 105 pontos.

Classificação da temporada – após sete etapas (Top-10):
Categoria SBK
1) 151-Eric Granado, 188
2) 4-Alex Barros, 170
3) 68-Diego Faustino, 125
4) 15-Wesley Gutierrez, 121
5) 84-Diego Pierluigi, 105
6) 51-José Luiz Cachorrão, 80
7) 17-Danilo Lewis, 79
8) 12-Davi Lara Costa, 58
9) 71-Joelsu Mitiko, 55
10) Bruno Corano, 23

Confira a programação da final do SuperBike Brasil em Interlagos – 8ª etapa: 
Sexta-feira, 24
Categoria SBK Pro
9h31 – 10h01: 1º treino livre Grupos A e B
13h03 – 13h33: 2º treino livre Grupos A e B
16h35 – 17h05: 3º treino livre Grupos A e B

Sábado, dia 25
Categoria SBK Pro
9h35 -10h: 1º treino Classificatório – Grupos A e B
11h46 -12h11: 2º treino Classificatório – Grupo B
13h54 -14h19: 3º treino Classificatório – Grupos A e B
16h11 -16h21: SuperPole SBK (10 mais rápidos)

Domingo, dia 26
Categoria SBK Pro
11h: Largada Corrida 1 (14 voltas)
14h03: Largada Corrida 2 (14 voltas)

Por Fernanda Gonçalves / Beatriz de Paula