Piloto conquistou o seu primeiro pódio na Copa HB20

Se alguém ainda duvidava, o final de semana de etapa dupla da Copa HB20 chegou para mostrar que Edson Reis, da equipe Maxon Oil, não está no grid para brincadeira. Apesar de ter tido o desempenho prejudicado por incidentes no primeiro dia de corrida, o piloto sacudiu a poeira para a prova do domingo, garantiu que buscaria o pódio e não decepcionou. Com uma largada excepcional – que fez com que o HB20 #22 ganhasse oito posições logo no início da corrida – Reis manteve a constância e concluiu os compromissos do domingo no segundo lugar mais alto do pódio da Categoria Super no Autódromo Internacional Ayrton Senna.

Ainda no sábado (25), na corrida 1 da temporada da Copa HB20, Edson Reis largou na quarta posição da Categoria Super e, logo no início da prova, pulou para o primeiro lugar, mantendo um ritmo excelente. Na relargada após a entrada do safety car na pista, no entanto, o HB20 #22 acabou atingido em duas oportunidades pelos carros #27 e #177. No último incidente, a roda traseira foi acometida, furando o pneu e fazendo com que Reis terminasse a prova na última posição.

O piloto, no entanto, não se deixou abalar e tirou força dos imprevistos para, literalmente, correr atrás do pódio na corrida 2, realizada neste domingo (26). Após largar na 24ª posição, ele avançou oito colocações logo no início da prova. Com constância e muita competitividade, o piloto melhorou, a cada volta, os seus tempos, correndo junto com os carros da Categoria Pro. Surpreendendo, positivamente, pelo nível de pilotagem, Edson Reis cravou o segundo lugar mais alto do pódio no seu final de semana de estreia.

Para o piloto, o resultado da prova foi fantástico e pode ser condicionado ao “trabalho em equipe realizado entre ele e o colega de Maxon, Chris Bornemann. “Eu e o Chris fizemos um jogo de equipe, ele largou um pouco atrás, depois conseguiu tirar a diferença e veio atrás de mim, me dando a referência a partir da terceira, quarta volta. Dei espaço pra ele passar e, na referência dele, consegui corrigir alguns erros que eu estava tendo. Juntos, conseguimos abrir uma distância legal pro terceiro lugar da Super. Com isso, foi só administrar a corrida inteira, com muita cautela, para não errar. (…) Pensando no Campeonato, esse segundo lugar foi muito importante. Estou levando um troféu pra casa, muito feliz” afirmou.

A próxima etapa da Copa HB20 deve ser confirmada para o dia 16 de agosto.

Veja como terminou a corrida 2 da categoria Super:

1. Edgar Colamarino (Super) – a 19s086
2. Edson dos Reis (Super) – a 30s376
3. Marcelo Zebra (Super) – a 34s583
4. Keka Teixeira (Super) – a 38s120
5. Leandro Parizotto (Super) – a 41s575
6. Marcus Leão (Super) – a 48s776
7. Luiz Albuquerque (Super) – a 49s734
8. Rodrigo HB (Super) – a 50s897
Não completaram:
24. Luiz Henrique Filho (Super)
25. Renata Camargo (Super)
26. Rafa Maeda (Super)
27. Antonio Junqueira (Super)
28. Alexandre Canassa (Super)

Créditos: Alessandra Seidel
Fotos: Rodrigo Ruiz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Quebra da suspensão tira Irmãos Ebrahim de prova no AIC

A quinta etapa da Império Endurance Brasil 2020, durou pouco para os irmãos Wagner e Fábio…