Piloto da Toyota Gazoo Racing será uma das estrelas da equipe Full Time Sports na temporada e não vê a hora de acelerar em Goiânia

Matias Rossi: ansioso por sua estreia na Stock Car (Divulgação / Full Time Sports)

Depois de uma longa espera, o argentino Matías Rossi, de 36 anos, poderá finalmente acelerar o Corolla #117 da equipe Full Time Sports na abertura da temporada 2020 da Stock Car, que acontecerá neste domingo (dia 26) no autódromo internacional Ayrton Senna, em Goiânia (GO).

Em virtude da pandemia mundial do coronavírus, a Stock Car adiou a estreia da temporada 2020, prevista para março, e as demais provas do primeiro semestre, mas agora retoma suas atividades seguindo um rigoroso protocolo de segurança sanitária. As corridas serão realizadas com portões fechados, sem público, e contarão com um número restrito de profissionais envolvidos com as provas.

Tudo será novidade para Rossi, que estreia na principal categoria brasileira e ainda não conhece o traçado de 3.835 metros de Goiânia. Mas o bom retrospecto da equipe Full Time na pista, assim como o de seus companheiros animam o argentino, lembrando que Rubens Barrichello já venceu quatro vezes nesta pista com a Full Time e tem duas pole position. Nelsinho Piquet também já foi duas vezes ao pódio com o time dirigido por Maurício Ferreira na pista goiana.

Piloto oficial da Toyota Gazoo Racing, Rossi é conhecido na Argentina como “El Misil”. Entre as inúmeras conquistas, o piloto foi campeão da TC2000/Super TC2000 em 2006, 2007, 2011 e 2013, além de vice-campeão em 2012, 2016 e 2019.

“Apesar de todo o atraso, em virtude do coronavírus, acredito que estamos prontos e bem preparados para começar o campeonato. Para mim, será um grande desafio correr no Brasil, um país que tem pilotos de nível muito alto e profissional. A alta competitividade é uma marca da categoria. Mas minhas expectativas são as melhores possíveis. Estou numa equipe muito profissional, com muita experiência e que conhece muito da Stock Car”, declarou Rossi.

“Tive o primeiro contato com o carro na semana passada na pista do Velo Città e é um carro incrível, com um motor muito potente, com freios também interessantes. É um carro difícil de se pilotar, então terei de me adaptar a todas as novidades”, continuou.

“Mas estou muito confiante no trabalho que já começamos a fazer com o Maurício, a equipe, meus companheiros. No teste, coletamos muitos dados, aprendi várias coisas e espero que possamos estar bem preparados para a estreia”, destacou o argentino, que está empolgado em dividir os boxes com um dos maiores pilotos da história do automobilismo brasileiro.

“Para mim, será muito legal dividir o box com o Rubinho, assim como o Nelsinho e o Rafael Suzuki, que completam a equipe Full Time. No caso do Rubens, vai ser muito especial, pois o admiro desde pequeno. Ele é uma referência do automobilismo mundial. Posso dizer que será um sonho trabalhar no mesmo box que ele”, completou.

Dentro do protocolo a seguir durante a etapa, cada equipe da Stock Car poderá ter apenas nove profissionais na preparação dos dois carros, incluindo o chefe de equipe e os pilotos. Todos que estarão no autódromo deverão apresentar teste RT-PCR negativo para Covid-19. A temperatura corporal também será checada na entrada do circuito todos os dias.

Todos os briefings e reuniões serão realizados por videoconferência. Cada carro ficará sozinho em um box. No espaço, será permitido apenas cinco pessoas simultaneamente e todos deverão usar máscaras e face shield, além de respeitar distanciamento social de ao menos 2 metros.

Os treinos para a etapa terão início no sábado, com o classificatório a partir das 16h30 (ao vivo no SporTV). No domingo, as duas provas também serão exibidas ao vivo no SporTV 2, a partir das 11h30.

Confira a programação da 1ª etapa:

Sábado, 25 de julho
08h00 – 08h15 – Shakedown
09h55 – 11h05 – Treino Livre 1
12h35 – 13h45 – Treino Livre 2
16h30 – 17h00 – Classificação – Ao vivo no SporTV

Domingo, 26 de julho
11h30 – Largada Corrida 1 (30 minutos + 1 volta) – Ao vivo SporTV 2
12h20 – Largada Corrida 2 (30 minutos + 1 volta) – Ao vivo SporTV 2

Conheça o “El Misil”:
Matías Rossi, 36 anos
– Carro: Corolla #117
– Primeira temporada na Stock Car, piloto oficial Toyota Gazoo Racing
– Natural de Buenos Aires (Arg)

Destaques:
Campeão da TC 2000 / Super TC 2000 em 2006, 2007, 2011 e 2013
Campeão da TC em 2014
Campeão da Top Race em 2019
Vice-campeão da TC 2000 / Super TC 2000 em 2012, 2016 e 2019
Vice-campeão da TC em 2007, 2012, 2015 e 2016

Saiba mais sobre a equipe Full Time Sports:
http://fulltimesports.com.br
Instagram: @fulltimesports
Facebook: https://www.facebook.com/fulltimesports10

Imprensa:
FGCom
Fernanda Gonçalves

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Fábio Fogaça encerra em casa a temporada da Copa Truck

A Grande Final da categoria está marcada para o dia 13 de dezembro, no Autódromo de Interl…