Em seu segundo ano na categoria equipe de São Paulo ficou com o título de equipes, pilotos e o vice na Rookie

KTF Sports – Campeã Equipes (Rodrigo Guimarães | KTF Sports)

O Autódromo de Interlagos, em São Paulo, recebeu neste domingo (15) as disputas da última e decisiva rodada da Stock Light. A única categoria de acesso à Stock Car reuniu 22 pilotos nesta prova que, disputada em sistema de rodada única, valeu pontuação dobrada para o Campeonato.

Já tendo garantido o título de pilotos com uma rodada de antecedência, com Guilherme Salas, a KTF Sports (Americanet | Harald | Cifarma) chegou à São Paulo com o objetivo de assegurar o Campeonato de equipes, bem como o de rookies, com o piloto Erik Mayrink. Além disso, estreando o novo carro do time, Enzo Bortoleto voltou às pistas após exatamente um ano afastado do grid da Stock Light.

Sob as orientações dos engenheiros e um intenso trabalho da equipe de mecânica os pilotos foram para a pista cada um ciente de seu compromisso com seus objetivos e, logicamente, com a equipe. Ignorando completamente o fato de já ser campeão Salas fez uma volta voadora no treino classificatório e garantiu a sexta pole-position do ano, de oito possíveis, encerrando a temporada com um impressionante aproveitamento de 75%. Enzo largou em sexto e Erik, o 13º – 4º entre os Rookies.

No início da tarde de domingo a corrida foi autorizada. Após excelente largada Salas manteve-se no primeiro lugar enquanto Enzo e Erik brigavam por posições. Gui não demorou para abrir boa vantagem enquanto que Enzo já pulava para o quinto lugar e Erik, para a décima posição. Infelizmente, quando já tinha quase três segundos de vantagem, aconteceu com Salas o que ele se livrou a temporada inteira – uma quebra. Com oito voltas completadas o piloto viu o câmbio do carro #85 quebrar e fazer com que ele abandonasse a prova na entrada dos boxes. Duas voltas depois, quando ocupava a quarta posição, foi a vez de Bortoleto ir perdendo rendimento e abandonar a corrida com a quebra do sistema de freios. Único dos três carros a KTF na segunda metade da prova Mayrink seguiu acelerando forte. Ele completou as 17 voltas da prova no quarto lugar na divisão Rookie e, 11º na geral.

Com estes resultados a KTF comemorou o primeiro título de sua história como equipe e, também, como pilotos. Salas somou 295 pontos para garantir o seu título. A KTF foi campeã com 453 pontos entre as equipes e Mayrink, por sua vez, foi o vice campeão entre os Rookies com 304 pontos.

“Estamos muito contentes com o resultado que construímos ao longo do ano. Um Campeonato se conquista prova-a-prova, com um carro rápido e confiável em todas as pistas. Quis o destino que hoje, com tudo já definido, dois de nossos carros não completassem a corrida. Isso faz parte de nosso esporte. Por tudo o que fizemos os pontos que deixamos de ganhar hoje não influenciaram em nada no nosso resultado final. Toda a equipe está de parabéns e esperamos que em 2020 possamos, novamente, voltar ao alto do pódio”, comentou o CEO e piloto Enzo Bortoleto.

Fotos: Rodrigo Guimarães | KTF Sports

Assessoria de Comunicação da equipe KTF Sports
Quick Comunicação e Marketing

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Iveco Usual Racing espera repetir sequência de pódios em Cascavel

Equipe patrocinada pela Pro Tork retorna à pista que sediou a primeira etapa do ano da Cop…