Principal Matérias Velocidade no Asfalto Pelo segundo ano consecutivo, Stuttgart Motorsport termina a Mil Milhas em segundo lugar na classificação geral e vence na classe GT4

Pelo segundo ano consecutivo, Stuttgart Motorsport termina a Mil Milhas em segundo lugar na classificação geral e vence na classe GT4

Outros pilotos, mesma corrida, mesmo modelo de carro e mesmo resultado. A Stuttgart Motorsport repetiu na Mil Milhas Brasileiras 2023 o sucesso obtido na edição do ano anterior – agora com o trio Jacques Quartiero/Danilo Dirani/Dennis Dirani, que levou o Porsche 718 Cayman GT4 Clubsport ao segundo lugar na classificação geral entre os 42 carros que largaram (tendo liderado a corrida durante boa parte do período noturno) e venceu na classe GT4. O único carro a superar o Porsche foi o protótipo AJR de Emílio Padron/Fernando Ohashi/Fernando Fortes/Henrique Assunção, modelo especial de competição enquadrado na classe P1.

A dirigibilidade e a resistência do 718 Cayman GT4 Clubsport foram cruciais para Quartiero e os irmãos Dirani terminarem à frente de diversos carros de classes mais potentes. O Porsche obteve a oitava colocação em um grid de largada definido de acordo com os tempos obtidos nos treinos livres – uma chuva forte obrigou a direção de prova a cancelar a sessão classificatória prevista para a tarde de sexta-feira – e na primeira passagem pela linha de chegada já ocupava o terceiro lugar. O carro permaneceu entre os seis primeiros colocados e subiu de posição até chegar à liderança, em parte devido ao abandono ou atraso dos protótipos mais potentes. O grande número de períodos com safety car (17, ou 70 voltas) fez a corrida terminar com 359 voltas, o possível no limite de tempo previsto pelo regulamento (12 horas mais uma volta) e não pela distância prevista (mil milhas, equivalentes a 373 voltas em Interlagos).

Quartiero, piloto que começou a correr há menos de um ano, ficou muito contente com o resultado: “Foi minha primeira Mil Milhas e este resultado me dá uma emoção muito grande. Fizemos um planejamento para a corrida e deu tudo certo: estratégia, número de paradas, tudo. É um ritmo diferente do que usamos no Endurance Brasil, que tem provas mais curtas. Mérito da Stuttgart Motorsport, que já venceu esta prova várias vezes. O pessoal passou a noite inteira trabalhando. Foi perfeito, estou muito feliz”.

Danilo Dirani, piloto que fez dupla com Quartiero no Endurance Brasil em 2022, explicou a corrida: “Andamos em um ritmo forte, mas procurando poupar o máximo possível os freios, pneus e combustível pensando nas 12 horas de corrida para diminuir um stint, uma vantagem para não ter que ficar o tempo mínimo de 3 minutos e 30 segundos no box. Como teve muitas entradas de safety car, conseguimos alongar ainda mais os nossos stints”.

Dennis Dirani pilotou pela primeira vez o Porsche 718 Cayman GT4 Clubsport da Stuttgart Motorsport. “Foi bem bacana. Conheci o GT4 no começo da semana. Ficamos sempre na frente, com um ritmo constante durante a corrida inteira. O carro é sensacional e a equipe fez um trabalho incrível. Gostei muito de ter vencido com o Jacques e com o Danilo!”, declarou.

Esta foi a quinta vitória da Stuttgart Motorsport nas Mil Milhas Brasileiras. A equipe terminou a prova em primeiro lugar na classificação geral em 2001 (com um Porsche 911 GT3 RS da geração “996” pilotado por Regis Schuch/Max Wilson/Flávio Trindade/André Lara Resende), 2002 (mesmo carro, pilotado por Schuch, Trindade e Raul Boesel) e 2008 (Porsche 911 GT3 RSR “997” tripulado por Marcel Visconde/Max Wilson/Raul Boesel). E triunfou na classe GT4 em 2022 e 2023 com os 718 Cayman GT4 Clubsport.

Resultado final da Mil Milhas Brasileiras 2023 (seis primeiros na classificação geral entre 43 carros):

1) 175-Emílio Padron/Fernando Ohashi/Fernando Fortes/Henrique Assunção (AJR, categoria P1), 359 voltas em 12h02:34.064

2) 21-Jacques Quartiero/Danilo Dirani/Dennis Dirani (Porsche 718 Cayman GT4 Clubsport, categoria GT4), 354 voltas

3) 64-Henry Visconde/Lucca Visconde/Enzo Visconde/Lucas Foresti (BMW M2 CS, categoria GT4), 346 voltas

4) 77-Edras Soares/Esdras Soares/Juarez Soares (MRX, categoria P3), 342 voltas

5) 73-José Vilela/Guga Ghizo/Sarin Carlesso/Hugo Cibien/Joca Penteado (MRX, categoria P3), 341 voltas

6) 128-Marcus Índio/Alexandre Dante/Rafael Mascarenhas/Sílvio Gatão/Alex Fabiano (Mercedes-Benz C350, categoria GT4 Light), 316 voltas

Stuttgart: 25 anos como referência Porsche no Brasil

A Stuttgart atuou entre outubro de 1997 e junho de 2015 como importadora oficial da marca Porsche no Brasil. Nesse período, a Porsche aumentou significativamente sua presença no País. Atualmente, a Stuttgart opera oito Porsche Centers em São Paulo, Campinas, Ribeirão Preto, Porto Alegre, Florianópolis, Curitiba, Rio de Janeiro e Recife. O Stuttgart Service | Body & Paint, localizado em São Paulo, é o mais moderno centro de serviços de reparo e manutenção de carros da marca, sendo o único da América Latina capacitado a fazer reparos em carrocerias de alumínio e o único do Brasil apto a fazer manutenção e reparos em baterias de alta tensão para veículos híbridos e elétricos. O histórico, a presença em seis estados e a alta qualidade de seu atendimento e de seus serviços fazem da Stuttgart ser referência em Porsche no Brasil.

Sobre a Stuttgart Motorsport

A Stuttgart Motorsport é o braço esportivo da Stuttgart Porsche e tem um longo e vitorioso histórico de participação em competições. Sua conquista mais recente é o título do Campeonato Brasileiro de Endurance de 2017. Desde sua criação, em 1997, a Stuttgart Motorsport conquistou vitórias em provas tradicionais como a Mil Milhas Brasil e os 500 Quilômetros de São Paulo, além de ter participação em provas internacionais da IMSA (24 Horas de Daytona (1998) e da Le Mans Series (Mil Milhas de 2007).

Assessoria de Imprensa

Luiz Alberto Pandini

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

De contrato renovado, André Negrão tenta novo título pela Alpine no WEC

Brasileiro já realiza testes nesta quarta-feira, na pista de Portimão, Portugal O paulista…