Principal Matérias Velocidade na Terra Disputas por títulos nacionais agitarão o Rally Terra Verde

Disputas por títulos nacionais agitarão o Rally Terra Verde

Evento inédito conclui o Brasileiro de Rally Baja em São Carlos (SP) com brigas acirradas em várias categorias. Descartes aumentam a incerteza. Largada é neste sábado (03)

Prova terá cerca de 270 quilômetros, divididos em dois dias de disputas

Promessa de muita emoção logo na primeira edição do Rally Terra Verde, nos dias 03 (sábado) e 04 (domingo), em São Carlos (SP). Organizada pela Rallymakers, a prova vale pelas 15ª e 16ª etapas do Brasileiro de Rally Baja para motos e UTVs, e encerra o campeonato de 2022. Em várias categorias, a briga pelo título segue aberta e equilibrada.

Serão cerca de 270 quilômetros divididos em dois dias de disputas e, portanto, além de acelerar pelas estradas de terra em meio a canaviais, os pilotos também terão que fazer contas; afinal, será necessário descartar os três piores resultados da temporada para determinar a pontuação final.

Rally Terra Verde promete muita emoção na decisão de títulos do Brasileiro

Na classificação geral dos UTVs, por exemplo, a situação está bem equilibrada quando aplicados os descartes. Com eles, Nuno Fojo (Polaris RZR Pro R / Polaris Racing) fica apenas dois pontos à frente de Juliano Meira (Can-Am Maverick X3 / One Rally Team). E Richard Fliter (Polaris RZR Pro R / Johnnys & Jos Rally Team) se aproxima dos dois primeiros.

O mesmo acontece na UTV1 (Pro Elite), desta vez com Fojo e Fliter, que desconta apenas 17 pontos, contra os 47 do líder. Disputa acirrada também na UTV2 (Pro), entre Meira e Marcus Cotton (Polaris RZR Pro R / Polaris Racing).

Primeira edição do Rally Terra Verde acontece nos dias 03 e 04 de dezembro

Já na UTV3 (Super Production), nada menos que três pilotos chegam ao Rally Terra Verde com chances: respectivamente, Júnior Siqueira (Polaris RZR / Bianchi Autopeças – Garage de France); Leandro Fracassi e Vagner Monferrer (Can-Am Maverick / Cotton Racing). Situação mais tranquila para Richard Carida (Polaris RZR / RB1) na UTV4, que precisa apenas largar para somar os pontos de participação.

Nas motos, Gabriel Soares, o Tomate (Honda CRF 450RX / Honda Racing Brasil) está com uma das mãos na taça da classificação geral – já assegurou por antecipação o título da categoria Rally Moto2. Mesmo caso de Bissinho Zavatti na Moto1. Francine Rossi (Kawasaki KLX 450R / Bianchini Rally) também já é campeão antecipado, mas faz questão de marcar presença em busca de mais duas vitórias. 

O distrito de Água Vermelha é o local que recebe o parque de apoio do Rally Terra Verde. Os motores serão ligados no sábado (03), às 9h30, com largada da primeira moto para o trecho cronometrado de 135 quilômetros. O mesmo percurso se repete no domingo (04), com largada programada para às 8h30. O encerramento do evento está previsto para às 15h.

 

1º Rally Terra Verde

Programação

 

02/12 – Sexta-feira

9h30 – Abertura da secretaria

11h às 16h – Vistorias técnicas CBM

14h45h às 15h45 – Shakedown (opcional)

18h30h às 19h – Segunda vistoria CBM com multa

18h30 – Fechamento da secretaria

19h30 – Briefing geral – local a definir

 

03/12 – Sábado

9h30 – Largada Motos na 1ª Especial

10h20 – Largada UTVs na 1ª Especial

12h30 – Largada Motos na 2ª Especial

13h20 – Largada UTVs na 2ª Especial

 

04/12 – Domingo

8h30 – Largada Motos na 3ª Especial

9h20 – Largada UTVs na 3ª Especial

10h50 – Largada Motos na 4ª Especial

11h40 – Largada UTVs na 4ª Especial

15h – Cerimônia de encerramento e premiação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Gabriel Soares (Graduado) e Dário Júlio (Over 40) são campeões do Rally Piocerá 2023

Após quatro dias de disputas, equipe Honda Racing comemora dois títulos no primeiro desafi…