Principal Matérias Velocidade na Terra Turismo Clássico teve bom grid em Telêmaco Borba

Turismo Clássico teve bom grid em Telêmaco Borba

A categoria Turismo Clássico Paranaense (TCP) teve bom grid na terceira etapa do Paranaense de Velocidade na Terra 2022, realizada nos dias 25 e 26 de junho, na inauguração do Autódromo de Telêmaco Borba. Com sete carros inscritos, realizou duas boas provas com muitas disputas por melhores posições. O evento contou com a organização do Automóvel Clube de Telêmaco Borba, no bom trabalho de Luizinho Camargo e sua equipe, em uma realização da Prefeitura Municipal e supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA).

No Treino Classificatório realizado no sábado, o grid de largada da TCP foi o seguinte: 1.º) Genilson Colodel, 1min22s956; 2.º) Guilherme Wunderlich, 1min27s480; 3.º) Ricardo Silva, 1min28s272; 4.º) Jarbas Schutt, 1min31s310; 5.º) Maurício Cavali, 1min31s717; e 6.º) Vithor Gabriel de Souza, 1min35s392.

As provas

A categoria Turismo Clássico Paranaense (TCP) formou grid com sete carros e realizou duas provas com muita velocidade e show à parte do Dojão de Jarbas Schutt, que agitava o público presente no autódromo de Telêmaco Borba. Na primeira prova, a vitória foi de Genilson Colodel, que completou as 11 voltas da corrida no tempo de 15min08s374, seguido de Guilherme Wunderlich, a 1min22s579, Maurício Cavali, a uma volta, Jarbas Schutt, a uma volta, Vithor Gabriel de Souza, a uma volta, Daniel Rubik, a três voltas, e, Ricardo Silva, a cinco voltas.

Com domínio total da TCP, Genilson Colodel venceu também a segunda prova completando as 10 voltas de corrida no tempo de 14min37s954, com Guilherme Wunderlich em segundo, a 42s048, Maurício Cavali em terceiro, a 1min29s921, Daniel Rubick em quarto, a uma volta, Jarbas Schutt em quinto, a duas voltas, Vithor Gabriel de Souza em sexto, a duas voltas. Ricardo Silva abandonou a corrida na primeira volta. A volta mais rápida das duas provas, também foi de Genilson Colodel, na 11.ª passagem da primeira corrida, com o tempo de 1min21s426787, à média de 81,792 km/h.

Resultado final:

Turismo Clássico Paranaense (TCP): 1.º) Genilson Colodel, 43 pontos; 2.º) Guilherme Wunderlich, 30; 3.º) Maurício Cavali, 24; 4.º) Jarbas Schutt, 18; 5.º) Daniel Rubik, 16; 6.º) Vithor Gabriel de Souza, 14; e 7.º) Ricardo Silva, 4 pontos.

A quarta e próxima etapa do Campeonato Paranaense de Velocidade na Terra está marcada para os dias 3 e 4 de setembro, em Ponta Grossa (PR).

MRT – Marketing Racing Team

Fotos: Victor Lara

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja também

Sportbay Macacolama 2022 terá sorteio de mais de R$ 200 mil em prêmios

Encontro de trilheiros chega a sua quarta edição e promete agitar Cajati (SP) entre os dia…