A bordo da Mercedes AMG #09 primos conquistam a segunda posição na categoria GT3 e quinto na geral

André e Xandinho (Bruno Terena)

O final de semana de abertura da temporada 2020 do Império Endurance Brasil, no Autódromo José Carlos Pace, em Interlagos, São Paulo, fechou com pódio para a família Negrão. Dessa vez a dupla foi formada pelo piloto Xandinho Negrão e o primo André Negrão na disputa das quatro horas de prova. Xandy Negrão não pode participar por uma lesão e espera estar presente no próximo encontro do Endurance.

Com um novo visual da Mercedes AMG GT3 #09, adesivada de prata e de volta aos trabalhos com a equipe Mattheis Motorsport, chefiada por Andreas Mattheis,  Xandinho e André cruzaram a linha de chegada na segunda posição na categoria GT3 e em quinto na geral. A corrida teve mais de 130 voltas de disputas.

AMG GT3 (Bruno Terena)

“Sensacional correr novamente com meu primo e com meu tio, infelizmente meu tio não pode correr dessa vez, e acabaram me chamando de última hora, eu agradeço a eles pelo convite, sempre bom voltar a andar com carro de corrida depois de tanto tempo parado, infelizmente também recebemos algumas penalizações e não pudemos fazer a classificação e a cada pit stop tínhamos que ficar um minuto a mais, mas conseguimos concluir essa missão, lideramos uma parte da corrida na nossa categoria, e fechamos com a segunda posição na GT3, foi ótimo”, contou André Negrão.

A dupla por ser considerada ‘ouro’ largaram da última posição e tiveram que fazer os pit stops obrigatórios com o acréscimo de mais um minuto, tempo importante que tiveram que recuperar na pista para buscar o pódio.  “Tivemos uma boa disputa com o Porsche durante essa etapa, infelizmente fomos penalizados pela comissão do campeonato porque meu pai não pode competir e eu e meu primo juntos formamos uma dupla de pilotos ‘ouro’, mas faz parte, saímos contentes com o trabalho da equipe Mattheis e também com o nosso resultado e com o desempenho do carro nessas quatro horas de corrida, vamos para a próxima”, explicou Xandinho Negrão.

pódio GT3 (Bruno Terena)

A prova foi vencida pela dupla do Porsche 911 #55 de Marcel Visconde e Ricardinho Mauricio, seguido de André e Xandinho Negrão. Julio Campos e Guilherme Figueroa (Mercedes AMG #08) chegaram na terceira posição e a Lamborghini Huracan de Chico Longo e Marcos Gomes na quarta colocação do pódio. Na geral a vitória ficou com o protótipo da categoria P1, o AJR #05 da equipe MC Tubarão pilotado por Nelsinho Piquet, Tiel Andrade e Júlio Martini.

Confira o resultado final da etapa de abertura do Império Endurance Brasil em Interlagos:

 1º)   5 – T.Andrade/J. Martini/N.Piquet (AJR, P1), 136 voltas em 4:01:22.958 (média de BOX  kmh)
2º) 113 – Pedro Queirolo/David Muffato (AJR , P1), a 6.618
3º) 175 – H.Assunção/A.Toso/C.Kray (AJR , P1), a 1:10.276
4º) 55 – Marcel Visconde/Ricardo Maurício (Porsche , GT3), a 1:16.401
5º)   9 – Xandinho Negrão/Andre Negrão (Mercedes , GT3), a 1 volta
6º)   8 – Guilherme Figueiroa/Julio Campos (Mercedes , GT3), a 1 volta
7º) 19 – Chico Longo/Marcos Gomes (Lamborghini , GT3), a 2 voltas
8º)   3 – Alexandre Auler/Guilherme Salas (Mercedes , GT4), a 5 voltas
9º) 155 – R.Mendes/Tom Fo/M.Muller (Ferrari , GT3L), a 5 voltas
10º) 15 – Leonardo Sanches/Atila Abreu (Mercedes , GT4), a 6 voltas
11º) 63 – Sérgio Ribas/Guilherme Ribas (AstonMartin , GT3L), a 7 voltas
12º) 21 – A.Moraes/R.Rodrigues/C.Mello/Kreis (Mercedes , GT4), a 7 voltas
13º) 22 – F.Abrunhoza/L.Ferrari/L.Romera (McLaren , GT4), a 9 voltas
14º)   7 – Aldoir Sette/Marcelo Campagnolo (MRX , P3), a 10 voltas
15º) 75 – Assunção/Ohashi/Fortes/Vianna (MRX , P3), a 11 voltas
16º) 44 – Ruben Ghisleni/Hardy Kohl (MRX , P2), a 19 voltas
17º) 12 – J.Kraucher/N.Faustini/A.Piedade (Sigma , P2), a 19 voltas
18º) 57 – Felipe Tozzo/Renan Guerra (Ginetta GT4 , GT4 ), a 20 voltas
19º) 69 – N.Monteiro/R.Alcaraz/A.Hellmeister (Ginetta GT4 , GT4), a 23 voltas
20º) 18 – F.Poeta/P.Totaro/M.Mauro/Santanna (MCR FordV8 , P2), a 24 voltas
21º) 88 – Fernando Amorim/Gabriel Robe (MCR , P2), a 27 voltas
22º) 73 – José Vilela/Leonardo Yoshi (Spyder , P3), a 27 voltas
23º) 82 – Robbi Perez/José Cordova (Roco , P3), a 42 voltas
24º) 72 – Carlos Antunes/Yuri Antunes (MRX , P3), a 44 voltas
25º) 43 – Vicente Orige/Gustavo Kiryla (AJR , P1), a 47 voltas
26º)   0 – C.Horta/L.Seripieri/W.Freire (Ginetta GT4 , GT4), a 55 voltas
27º) 64 – H.Visconde/F.Steyer/C.Ramos (BMW M3 , GT4), a 62 voltas
28º) 10 – Pierre Ventura/Roger Sandoval (Ginetta GT4 , GT4), a 64 voltas
29º) 16 – E.Vichiese/S.Turvey/F.Papazis (Ginetta GT4 , GT4), a 66 voltas
30º) 14 – J.Victorette/M.Karam/T.Antoniazzi (Audi RS , GT4L), a 94 voltas
31º) 34 – Ricardo Haag/Mario Marcondes (MRX , P3), a 98 voltas
32º) 20 – Fabio Ebrahim/Wagner Ebrahim (Ginetta G57 , P1 ), a 131 voltas

Melhor Volta: T.Andrade/J. Martini/N.Piquet, 1:30.372 (171,6 kmh..)

fonte: CRONOMAP Timing

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Piloto pernambucano Josimar Jr. fará a Special Edition da GT Sprint Race

Evento terá três corridas e será no próximo final de semana na capital goiana Recife (PE) …