Liberação de uso do Autódromo de Interlagos permite reativar competições

Campeonato Paulista de Automobilismo pode reiniciar dia 9 de agosto (Divulgação Old Stock Race)

A Federação de Automobilismo de São Paulo já iniciou tratativas para confirmar a realização de provas em Interlagos no fim de semana de 9 de agosto, consequência imediata da decisão do governador João Doria Jr em autorizar a prática de atividades do esporte a motor no estado em localidades situadas em áreas incluídas na fase amarela do Plano São Paulo. No calendário de atividades do autódromo paulistano essa data está reservada para a entidade e destinada à sexta etapa do Campeonato Paulista, evento que reúne várias categorias. O primeiro evento confirmado para essa nova fase é a terceira etapa da Copa São Paulo Light de Kart, que acontece dia 25 no kartódromo de Aldeia da Serra, município de Barueri, região metropolitana de São Paulo.  José Aloizio Cardozo Bastos, presidente da FASP, elogiou a decisão de Dória Júnior e anunciou quais serão os próximos passos para a reativação do automobilismo na Capital:

 

“Foi uma decisão sensata e muito importante do governador João Dória Júnior: os eventos do nosso esporte permitem praticar um protocolo de segurança sanitária que praticamente elimina os riscos inerentes à situação que vivemos. Além disso, o reinício de atividades contribui para amenizar a situação que muitos profissionais atravessam em decorrência da paralização forçada. Após o anúncio de hoje intensificamos as conversas com a administração do Autódromo de Interlagos para tratar da reativação de treinos e da realização de competições.”

 

De acordo com o dirigente os contatos com os responsáveis pela operação da pista paulistana jamais foram interrompidos, “o que facilitará bastante as tratativas que acontecerão nos próximos dias”. Cardozo Bastos enalteceu ainda o espírito de união entre agentes públicos, promotores, clubes e vários pilotos que se movimentaram durante a interrupção das atividades automobilísticas em prol de amenizar as consequências dessa paralisação.

 

De acordo com a regulamentação do Plano São Paulo as condições para a realização de treinos e competições incluem restrição de pública (os eventos deverão acontecer com arquibancadas vazias), testagem obrigatória para pilotos e equipe técnica, medição de temperatura  dos profissionais envolvidos, uso de máscara em todos os ambientes e adoção de protocolos geral

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Iveco Usual Racing espera repetir sequência de pódios em Cascavel

Equipe patrocinada pela Pro Tork retorna à pista que sediou a primeira etapa do ano da Cop…