Circuito britânico de Silverstone foi o escolhido para a terceira etapa da competição após 45 pilotos participarem das primeiras corridas; grid do Desafio Virtual das Estrelas seguirá cheio nesta etapa, que terá início às 20h (horário de Brasília) nesta quarta-feira (29)

Desafio Virtual das Estrelas (Divulgação/RF1)

O Desafio Virtual das Estrelas, torneio virtual beneficente que reúne estrelas do automobilismo, disputará sua terceira etapa nesta quarta-feira (29), às 20h (horário de Brasília), após ter a presença de 45 pilotos nas primeiras duas rodadas duplas. Em votação popular nas redes sociais dos pilotos Enzo Fittipaldi e Dudu Barrichello, o circuito de Silverstone foi escolhido para sediar a terceira etapa da competição, que contará novamente com um grid repleto de campeões do automobilismo brasileiro.

“As duas primeiras etapas foram bem divertidas. Tivemos pilotos das mais diversas categorias correndo, inclusive F1, como Felipe Massa, Rubens Barrichello, Felipe Nasr e meu irmão (Pietro Fittipaldi)”, diz Enzo, campeão da F4 Italiana em 2018 e um dos organizadores do evento juntamente com Dudu Barrichello (USF2000). “Nossa expectativa é cada vez melhor, acredito que essa será mais uma etapa incrível e novamente com grandes disputas na pista”, diz Dudu.

Na última etapa, disputada em Spa-Francorchamps, as vitórias ficaram com Felipe Drugovich (F2), líder do campeonato após vencer também duas provas na abertura em Laguna Seca, e Edson Coelho (Stock Light). O Desafio Virtual das Estrelas também teve a participação de campeões da Stock Car, como Daniel Serra (2017, 2018 e 2019), Felipe Fraga (2016) e Marcos Gomes (2015). Além disso, outros competidores da categoria também estiveram presentes na segunda etapa do torneio: Guilherme Salas, Vitor Genz, Guga Lima, Pedro Cardoso, Nonô Figueiredo, Lukas Moraes e Beto Monteiro, sendo este último o atual campeão da Copa Truck.

Jovens talentos como Pietro Fittipaldi (piloto de testes da Haas na F1), Gabriel Bortoleto (F4), Caio Collet (F-Renault), Kiko Porto (USF2000) e Matheus Leist (Indy) foram destaques na etapa passada, que também teve participações de pilotos do kartismo europeu e americano, como Miguel Costa, Enzo Vidmontiene e Ricardo Gracia.

Leo Lamelas (IMSA) e Miguel Paludo (Nascar e Porsche Cup) ainda representaram os pilotos de turismo com carreira nos EUA,. Nathan Brito (Sprint Race), Edson Coelho (Stock Light), Marcelo Battistuzzi (F-3000) e Matheus Battistini (F-3000) são os pilotos profissionais no virtual e que também aceleram nos autódromos. Com bastante experiência na plataforma iRacing, Ralph Benitez, Diego Acebedo, Suellio Almeida, Rafael Matta e Cristiano Bohessef são os pilotos que lideram os campeonatos virtuais e garantiram vaga no Desafio.

A segunda etapa também foi marcada pela presença de jornalistas e influenciadores no grid. Com conquistas na Sprint Race, Cassio Cortes e Gerson Campos representaram também o time do Acelerados em Spa, além de Thiago Alves (Fox Sports), Stereo Online (youtuber) e Miguel Bento (youtuber).

Inspirados no “Race for the World”, ao longo da competição, os pilotos do Desafio Virtual das Estrelas ajudam a promover doações para a campanha “Unidos contra Covid-19″, promovida pela Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz), dando caráter beneficente ao evento. Todos os mais de 45 pilotos e organizadores estão promovendo o evento de forma gratuita e trabalhando para arrecadar doações pelo link: https://fiocruz.colabore.org/combateacovid19/single_step

A terceira etapa do Desafio Virtual das Estrelas terá início às 20h (horário de Brasília) nesta quarta-feira (29) e contará com transmissão ao vivo nos canais do YouTube do Acelerados, Bandsports, F1 Mania, Motorsport.com e High Speed. Na TV, a corrida será exibida no próximo domingo, na Bandsports, a partir de 8h30.

Confira a classificação do Desafio Virtual das Estrelas:

1 – Felipe Drugovich (F2) – 67 pontos

2 – Edson Coelho (Stock Light) – 41 pontos

3 – Suellio Almeida (Piloto virtual) – 34 pontos

4 – Eduardo Barrichello (USF2000) – 24 pontos

5 – Rafael Matta (Piloto virtual) – 20 pontos

6 – Gabriel Bortoleto (F4) – 18 pontos

7 – Kiko Porto (USF2000) – 18 pontos

8 – Cristiano Bohessef – 17 pontos

9 – Caio Collet (F-Renault) – 15 pontos

10 – Enzo Fittipaldi (F3) – 13 pontos

11 – Miguel Costa (Kart) – 13 pontos

12 – Guilherme Salas (Stock Car) – 13 pontos

13 – Ralph Benitez (Piloto virtual) – 12 pontos

14 – Nathan Brito (Sprint Race) – 8 pontos

15 – Pedro Cardoso (Stock Car) – 6 pontos

16-  Pietro Fittipaldi (F1) – 5 pontos

17 – Rubens Barrichello (F1) – 4 pontos

18- Matheus Leist (Indy/ IMSA) – 3 pontos

19- Miguel Paulo (Porsche e Nascar) – 2 pontos

20- Beto Monteiro (Copa Truck) – 2 pontos

21 – Diego Acebedo (piloto virtual) – 1 ponto

22 – Marcelo Battistuzzi (F-3000) – sem pontos

23 – Miguel Bento (YouTuber) – sem pontos

24 – Daniel Serra (Stock Car) – sem pontos

25 – Bruno Risseto – sem pontos

26 – Flavio Dantas  – sem pontos

27 – Leo Lamelas (IMSA) – sem pontos

28 – Felipe Fraga (WEC e Stock Car) – sem pontos

29 – Enzo Vidmontiene (Kart) – sem pontos

30 – Thiago Alves (virtual e jornalista) – sem pontos

31 – Nonô Figueiredo (Stock Car) – sem pontos

32 – Felipe Massa (F1 e Fórmula E) – sem pontos

33 – James Calado – sem pontos

34 – Stereo Online (YouTuber) – sem pontos

35 – Felipe Nasr (F1 e Indy) – sem pontos

36 – Ricardo Gracia (Kart) – sem pontos

37 – Daniel Balsa – sem pontos

38 – Rodrigo Munhoz – sem pontos

39 – Vitor Genz (Stock Car) – sem pontos

40 – Marcos Gomes (Stock Car) – sem pontos

41 – Cassio Cortes (Copa HB20) – sem pontos

42 – Lukas Moraes (Stock Car) – sem pontos

43 – Pedro Henrique Moisés – sem pontos

44 – Gerson Campos (Sprint Race) – sem pontos

45 – Guga Lima (Stock Car) – sem pontos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Léo Sanchez encara rodada tripla em Interlagos para subir na classificação da Porsche Cup

Na disputa direta pela liderança da categoria GT3 Sport do Porsche GT Cup, o piloto paulis…