Com várias restrições, o Kartódromo Raceland Internacional reabriu na segunda-feira para treinos

Giovana Krupp Marinoski completou 100 voltas no Raceland no seu retorno aos treinos

O Kartódromo Raceland Internacional, em Pinhais, na região Metropolitana de Curitiba, reabriu para treinos na última segunda-feira, com algumas restrições em função da pandemia do coronavírus. Cada piloto só poderá contar com um mecânico e um auxiliar nos boxes. Também é necessário o uso de máscaras e álcool em gel disponível a todos da equipe.

A reabertura do Raceland permitiu a Giovana Krupp Marinoski, da equipe Clínica Pneumoair/Explore Informática, retornar aos treinos, a espera pelas corridas válidas pela temporada de 2020. No primeiro dia de treinos desde o surgimento do coronavírus, Giovana deu 100 voltas. O planejado será três treinos por semana até que possa participar das competições. “Mesmo com toda a preparação em casa durante os dias que fique reclusa, senti um pouco. Terminei o treino exausta. Mas foi bom porque pude baixar meu tempo no Raceland e agora treinar bastante para estar bem preparada quando as corridas possam ser realizadas. Pretendo treinar no Speed Park, em Birigui, assim que a pista for liberada”, informa Giovana.

Daniel Marinoski, pai e chefe de equipe de Giovana, salienta que a expectativa é pela remarcação do calendário das principais competições de kart do Brasil, para planejar como será o cronograma da equipe. “Nossa expectativa é disputar as competições que tínhamos elencado no início do ano, ou seja, a Copa Super Paraná e o Campeonato Paranaense, no Raceland; a Copa SPR, no Beto Carrero, em Santa Catarina, e do Brasileiro, no Speed Park, em Birigui, no interior de São Paulo”, informa Daniel.

 

Por Luiz Aparecido

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Mineiro de Kart retoma atividades após sete meses

Depois da rodada de abertura competição foi suspensa pela Pandemia O Campeonato Mineiro de…