O primeiro, de três ROUNDS, foi concluído no Circuito Motorland Aragón, na Espanha

Com foco no Mundial KZ, que será disputado no mês de outubro, em Portimão-Portugal, Alfredinho Ibiapina (Orcali) teve a primeira experiência no campeonato Europeu, no final de semana. Com 86 pilotos de vários países na classe KZ2 o brasileiro, de 16 anos, conseguiu o 15º lugar no qualify, posição que saiu em todos os heats.

A soma de pontos destes heats classificou o piloto para a Super Heat – semi-final no kartismo Europeu – que era o objetivo neste primeiro Round. Dos 72 participantes da Super Heat apenas 36 disputam a corrida final.

Inexperiente no traçado, Ibiapina fez um bom trabalho durante os treinos. Nos Heats enfrentou alguns contratempos que impossibilitaram uma posição mais competitiva na Super Heat.

“O propósito de chegar na Super Heat na minha estreia foi alcançado e estou feliz por isso. Claro que queríamos chegar na final, mas tivemos uma corrida a menos que nem consegui largar porque o motor apagou. Muita pancadaria, muita porrada. No Brasil, certamente, seríamos penalizados, mas no Europeu eles olham o bico e segue o jogo. Esta foi a minha primeira corrida internacional pela KZ, e poderíamos ter brigado por uma vaga na final, mas seguimos em frente”, contou o jovem piloto, que desembarca nesta semana em João Pessoa, na Paraíba, para a disputa da Copa Brasil de Kart, que inicia no dia 17 de julho, no Circuito Internacional Paladino.

Texto: Eni Alves
Fotos: Matteo Segato

Alfredinho Ibiapina ainda tem dois Rounds, um na Itália e outro em Portugal, antes do Mundial

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Equipe Karteiros vence “Nations Cup” no Mundial de Kart Rental da KWC no Kartódromo Granja Viana

Time capitaneado por Johnny Silva venceu prova de endurance com 5 horas e 50 minutos e que…