Principal Matérias Velocidade na Terra Brasileiros dominam início do maior rally da Argentina

Brasileiros dominam início do maior rally da Argentina

Três tripulações do país cravaram os melhores tempos tanto na categoria mais numerosa, a UTV, quando na dos Carros

(Sanderson Pereira)

Começou oficialmente a 5ª edição do SARR – South American Rally Race, maior prova do off-road da Argentina, disputada na mesma região onde foi realizado do Rally Dakar entre 2009 e 2019. A corrida termina no dia 10 de fevereiro, com trechos nas regiões de Santiago Del Estero e Catamarca, passando também pelas famosas dunas gigantes de Fiambalá. Com 39 representantes inscritos, o Brasil começou bem a competição, liderando na categoria mais numerosa, a UTV, e na Carros.
Estreando na competição, Gabriel Varela (que usa um modelo Can-Am Maverick X3) foi o mais rápido entre os UTVs no prólogo, corrida contra o relógio que determina a ordem de largada. Correndo ao lado do experiente navegador Lourival Roldan, campeão do SARR no ano passado ao lado de um dos irmãos de Gabriel, Rodrigo Varela, a dupla brasileira garantiu a primeira posição.
“É a minha primeira vez fazendo uma prova fora de estrada, andando nas dunas, trechos de leito de rio seco, entre outros desafios. No Brasil não temos esse tipo de prova, então para isso contarei com um navegador que é muito experiente, que inclusive ganhou com meu irmão essa prova no ano passado. Estou muito otimista em relação ao nosso potencial”, explicou Gabriel.
Em segundo lugar no prólogo entre os UTVs, outro Varela estreante: Bruno, atual campeão brasileiro de Rally Baja, que está encarando pela primeira vez os desafios do SARR. Assim como o irmão Gabriel, Bruno também conta com um navegador experiente: Ênio Bozzano Junior, que recentemente disputou o Rally Dakar ao lado do irmão mais velho, Rodrigo.

A representação brasileira – Na categoria Carros, o Brasil também se destacou com o primeiro lugar da dupla Sylvio de Barros Neto e Ramon Oliveira Sacilotti. O Brasil conta com 39 representantes, sendo 15 duplas nacionais na categoria UTV e uma mista, formada pelo brasileiro André Hort e o navegador francês Adrien Metge. Na Carros, o país é representado por duas duplas, ambas com carros preparados pela equipe carioca de Stock Car R.Mattheis. Nas motos, o Brasil conta com quatro pilotos, incluindo uma mulher, Moara Sacilotti.
O SARR 2024 terá 3.352 km e será dividido em oito especiais, com um dia de descanso e uma etapa maratona. A prova contará como etapa de abertura do Campeonato Sul-Americano de Rally Raid da Federação Internacional de Motociclismo para motos e UTVs, além de fazer parte do Sertões Series, torneio que voltará a ser realizado este ano e contará ao todo com quatro etapas, duas delas na Argentina.

Programação do SARR 2024:
01/02, Prólogo noturno em Santiago
02/02, Etapa 01 – Santiago a Catamarca
03/02, Etapa 02 – Catamarca a Belen
04/02, Etapa 03 – Belén a Tinogasta
05/02, Etapa 04 – Tinogasta a La Rioja
06/02, Dia de descanso no Autódromo La Rioja
07/02, Etapa 05 – La Rioja
08/02, Etapa 06 – La Rioja a Fiambalá
09/02, Etapa 07 – Fiambalá a Aimogasta
10/02, Etapa 08 – Aimogasta a Catamarca

Por: Rodolpho Siqueira / Rodrigo Nascimento

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Agora não é mais expectativa, é realidade: Bulldog Racing está de volta ao rally

Depois de sete anos longe dos ralis, chegou a hora de Flávio Lunardi e Fred Budtikevitz ac…