Principal Matérias Velocidade na Terra Toyota promove brasileiro ao primeiro time para brigar pelo Dakar e Campeonato Mundial

Toyota promove brasileiro ao primeiro time para brigar pelo Dakar e Campeonato Mundial

Braço esportivo da gigante japonesa, a TGR substituiu nomes consagrados para apostar no “novato” Lucas Moraes

Lucas: “É um sonho. E uma grande responsabilidade” (Marcin Kin/Red Bull Content Pool)

Em uma decisão que sinaliza a chegada de uma talentosa nova geração ao centro do rally internacional, a Toyota Gazoo Racing anunciou nesta quinta-feira (9) seu novo lineup. O time japonês é o atual bicampeão do famoso Rally Dakar e também do Campeonato Mundial de Rally Cross-Country (W2RC) – que reúne diversas provas no estilo Dakar e Sertões.

Entre os novos nomes anunciados pelo braço esportivo da gigante japonesa se destaca o do brasileiro Lucas Moraes, que surpreendeu o mundo do off-road ao conquistar um pódio (terceiro lugar) já em sua estreia no Dakar, em janeiro de 2023. Ele terá como navegador o espanhol Armand Monleón, que disputou por oito vezes o Dakar com resultados expressivos. A próxima edição da famosa corrida terá largada no dia cinco de janeiro, sendo disputada em 15 dias dentro do território da Arábia Saudita.

Lucas Moraes e o Toyota GR DKR Hilux T1+ com o qual disputará o Dakar em janeiro (Marcin Kin/Red Bull Content Pool)

“Nós estamos agora em posição de confirmar o compromisso da TGR no Mundial de Rally Cross-Country da FIA, a começar pelo Dakar Rally 2024. Estamos trabalhando em direção aos objetivos estabelecidos pelo projeto Dakar Future 2026. Indo além disso, estamos reforçando nosso compromisso ao adicionar duas novas duplas na equipe”, disse Andrea Carlucci, president da Toyota Motor Europe, referindo-se também ao projeto dos organizadores da prova de realizar uma transição tecnológica dos veículos visando um evento mais sustentável.

“É um sonho. E grande responsabilidade” – “Estou vivendo um momento inacreditável, não só na carreira, mas também no aspecto pessoal. Entrar na equipe oficial TGR é ao mesmo tempo um sonho e uma grande responsabilidade. À distância, lá do Brasil, eu acompanhei as notícias e imagens de muitas edições do Dakar. Parecia algo bem distante. Mas em 2023 eu realizei o sonho de disputar o meu primeiro Dakar. Graças a Deus deu tudo certo, terminei no pódio – sinceramente, algo inimaginável”, disse Lucas Moraes.

Lucas Moraes (à direita) e o navegador espanhol Armand Monleón (Marcin Kin/Red Bull Content Pool)

“E agora, ao ingressar na TGR, o mesmo time que vem sendo defendido por muitos dos meus ídolos, me vejo naquela situação de quem tem que se beliscar para ter certeza de que não está sonhando. É uma grande honra. Espero estar à altura da confiança que a Toyota e a Red Bull estão depositando em mim”, continua o brasileiro, agradecendo às duas marcas que passaram a monitorá-lo a partir de 2022 e que agora o alçam ao primeiro time do off-road internacional. “Eu quero destacar o papel da Pneu Store, que possibilitou minha participação no Dakar 2023. Sem o apoio deles, eu não teria as oportunidades que me estão sendo oferecidas hoje”, destacou.

Entre outras conquistas, Lucas Moraes foi bicampeão do Rally dos Sertões, ao lado do navegador Kaíque Bentivoglio, seu habitual parceiro. Já em seu primeiro ano na equipe, Moraes é visto pela TGR como potencial campeão do Dakar. “Eu fico lisonjeado, mas não posso aceitar um elogio dessa dimensão depois de ter conhecido o tamanho do desafio e também considerando a qualidade gigantesca das duplas que disputam essa prova”, comentou o brasileiro.

Além do duo Moraes/Monleón, o time japonês também anunciou a contratação da dupla formada pelo norte-americano Seth Quintero e o navegador alemão Dennis Zenz. Todos os novos contratados da TGR conduzirão uma nova versão do Toyota GR DKR Hilux T1+, carro que é o atual campeão do Dakar com a dupla formada pelo catarense Nasser Al-Attiyah e francês Matthieu Baumel.

Pódio na estreia do Dakar colocou piloto brasileiro no centro das atenções (Marcin Kin/Red Bull Content Pool)

Tanto o duo Moraes/Monleón quanto Quintero/Zenz terão contato com o novo protótipo ainda em desenvolvimento em provas especiais a serem disputadas por ambos e confirmadas em breve pela TGR.
Confira o calendário do Campeonato Mundial de Rally Cross-Country, que tem início justamente com o Rally Dakar, em janeiro:
05/01 – Dakar Rally, Arábia Saudita
25/02 – Abu Dhabi Desert Challenge, Emirados Árabes
02/04 – BP Ultimate Rally-Raid Transibérico, Portugal e Espanha
02/06 – Desafio Ruta 40, Argentina
05/10 – Rallye du Maroc, Marrocos

 

Texto por Rodolpho Siqueira / Rodrigo Nascimento

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Velocidade na Terra está de volta a Ponta Grossa

Também fará parte da programação a festa de premiação aos campeões de 2023, que será neste…