Principal Matérias Motovelocidade A um dia da chegada, Honda Racing lidera duas categorias no Rally Minas Brasil 2023

A um dia da chegada, Honda Racing lidera duas categorias no Rally Minas Brasil 2023

Gabriel Soares (classe Moto 2) e Tiago Wernersbach (Brasil) seguem como destaques na prova, válida pelo Brasileiro de Rally Cross Country em Araxá (MG)

Tiago Wernersbach, piloto da equipe Honda Racing, no segundo dia de prova do Rally Minas Brasil 2023. Crédito: Fernando Genaro/Mundo Press

Araxá (MG) – A equipe Honda Racing cumpriu o segundo dia de disputas do Rally Minas Brasil, nesta sexta-feira (10/3), e permanece na liderança de duas categorias. O mineiro Gabriel Soares, pela Moto 2, e o capixaba Tiago Wernersbach, da Brasil, foram novamente os mais rápidos das respectivas classes no percurso do dia, formado por 232,70 quilômetros – 182,42 deles de especiais (trechos cronometrados). A prova vale como abertura do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country 2023 e termina neste sábado (11/3), na região de Araxá.

Na classificação geral, o time vermelho também ocupa posições de destaque. Bissinho Zavatti, vice-líder da Moto 1, fez o segundo melhor tempo do dia. Assim, ele continua na vice-liderança geral do Rally Minas Brasil. Soares é o quarto colocado do ranking geral das motos, seguido por Martins Duplessis (em quarto lugar da classe Moto 1). Os três pilotos aceleram as motocicletas Honda CRF 450RX. Tiago Wernersbach, com a moto nacional CRF 250F, subiu duas posições e agora ocupa o sexto lugar da geral.

Bissinho Zavatti, atual campeão geral do Sertões e bicampeão brasileiro pela classe Moto 2, analisou a etapa. Esta é a estreia dele na classe Moto 1. “A especial começou um pouco lisa, mas depois já ficou um terreno mais gostoso de andar, e essas condições foram se alternando até o final. Faltando 10 km para terminar, o trecho ficou liso e bem perigoso. Mas foi um dia bom, gostei do meu ritmo e fiz uma boa prova. Vou me concentrar novamente para o último dia para fechar a abertura do Brasileiro e o Rally Minas Brasil. Estou feliz, foi outro dia navegando certinho, sem erros e sem nenhum susto, então isso faz a gente ficar motivado e continuar bem o trabalho”, conta.

Gabriel Soares levou um susto, mas completou a etapa de forma consistente. “Foi um dia de terreno mais molhado, pegamos trechos escorregadios e a especial ficou perigosa. Andei um pouco mais tranquilo, acabei tendo uma queda em que perdi um pouco de tempo, mas ganhei a minha categoria e fiz o sexto lugar na geral. Estou confiante para o último dia”, explica Soares.

O argentino Martin Duplessis busca uma rápida adaptação às provas brasileiras com características de chão molhado. “Foi um dia difícil para mim, o terreno estava mais complicado e fui me adaptando aos poucos. Esta é a minha primeira vez correndo na chuva aqui no Brasil e estou tendo dificuldades para me ajustar. Estou focado em fechar a prova da melhor forma”, relata.

Tiago Wernersbach deu mais um passo importante para conquistar a primeira vitória do ano. Em 2022, ele fechou o campeonato nacional de Rally Cross Country invicto na Brasil e comemorou o bicampeonato da classe para motos fabricadas no país. “A especial foi um pouco menor que a do primeiro dia e teve mais zona de radar. Eu me saí muito bem e a minha moto também. A CRF 250F foi perfeita para a etapa do dia, que teve mais trechos travadostt. Consegui ganhar a categoria e fiquei em quinto na geral da etapa, foi o meu melhor resultado até hoje na geral”, lembra Wernersbach.

Neste sábado (11/3), a terceira e última etapa do Rally Minas Brasil terá 210,17 km de desafios, incluindo 186,74 de especiais. Além de Araxá, o roteiro passa pelas cidades de Ibiá, Tapira, Pratinha e Sacramento. A prova inclui aproximadamente 700 km de percurso no total (cerca de 580 km de especiais).

A equipe Honda Racing de Rally é patrocinada por Pro Honda, DID, Fly e Honda Seguros.

Tiago Wernersbach, piloto da equipe Honda Racing, no segundo dia de prova do Rally Minas Brasil 2023. Crédito: Fernando Genaro/Mundo Press

Rally Minas Brasil 2023
Parque de apoio – Grande Hotel Termas de Araxá – Araxá (MG)

Resultados (extraoficiais / cinco primeiros)

Classificação após dois dias de prova 

Geral Motos
1º Adrien Metge #1 – 05:14:09.58
2º Bissinho Zavatti #2 – 5:20:36.83 – Honda CRF 450RX 
3º Ricardo Martins #4 –05:28:28.52
4º Gabriel Soares #5 – 5:36:48.01 – Honda CRF 450RX
5º Martin Duplessis #3 – 5:42:03.30 – Honda CRF 450RX
6º Tiago Wernersbach #11 – 5:47:49.98 – Honda CRF 250F 

Categoria Moto 1
1º Adrien Metge #1 – 05:14:09.58
2º Bissinho Zavatti #2 – 5:20:36.83 – Honda CRF 450RX
3º Ricardo Martins #4 –05:28:28.52
4º Martin Duplessis #3 – 5:42:03.30 – Honda CRF 450RX

Categoria Moto 2
1º Gabriel Soares #5 – 5:36:48.01 – Honda CRF 450RX
2º Rodrigo Sallum #12 – 6:12:15.08
3º Guilherme Bissoto #22 – 6:19:20.00
4º Cristhiano Pressi #33 – 6:22:17.53

Categoria Brasil
1º Tiago Wernersbach #11 – 5:47:49.98 – Honda CRF 250F

2º Dia  

Geral Motos
1º Adrien Metge #1 – 2:34:45.00
2º Bissinho Zavatti #2 – 2:39:01.10 – Honda CRF 450RX 
3º Ricardo Martins #4 –2:41:32.90
4º Martin Duplessis #3 – 2:50:32.20 – Honda CRF 450RX
5º Tiago Wernersbach #11 – 2:50:39.30 – Honda CRF 250F
6º Gabriel Soares #5 –2:51:21.20 – Honda CRF 450RX

Categoria Moto 1
1º Adrien Metge #1 – 2:34:45.00
2º Bissinho Zavatti #2 – 2:39:01.10 – Honda CRF 450RX 
3º Ricardo Martins #4 –2:41:32.90
4º Martin Duplessis #3 – 2:50:32.20 – Honda CRF 450RX

Categoria Moto 2
1º Gabriel Soares #5 –2:51:21.20 – Honda CRF 450RX
2º Rodrigo Sallum #12 – 3:01:41.10
3º Cristhiano Pressi #33 – 3:10:53.10
4º Guilherme Bissoto #22 – 3:23:04.00

Categoria Brasil
1º Tiago Wernersbach #11 – 2:50:39.30 – Honda CRF 250F 

Programação*

11/3 (Sábado) – Etapa 3
8h – Largada Especial – Etapa 3
Deslocamento inicial – 11,73 km
Trecho cronometrado – 186,74 km
Deslocamento final – 11,70 km
Total – 210,17 km

19h – Cerimônia de premiação

TOTAL PERCURSO: 706,17 km
TOTAL TRECHOS CRONOMETRADOS: 582,98 km.

* A programação é fornecida pela organização do evento e está sujeita a alterações.

 

Jornalista responsável: Ângela Monteiro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Honda Racing defende liderança do SuperBike Brasil em Interlagos

Eric Granado quer ampliar vantagem na SuperBike Pro, com João Carneiro e Guilherme Brito d…