Principal Matérias Velocidade no Asfalto Temporada paulista começou em grande estilo

Temporada paulista começou em grande estilo

Prova clássica abriu programação intensa e variada para 2023

A temporada 2023 do automobilismo paulista começou em grande estilo no último fim de semana com a disputa de mais uma edição das Mil Milhas de São Paulo no Autódromo José Carlos Pace, competição vencida pelo quarteto Padron/Ohashi/Fortes/Assunção ao volante do AJR #175. O calendário do Campeonato Paulista de Automobilismo terá início no final de semana de 12 de fevereiro, também em Interlagos, sendo que a Copa São Paulo Light abre o cenário do kart no dia 4, no Kartódromo Internacional Ayrton Senna. A agenda de ambos chega a reunir cerca de 500 pilotos. Em breve serão anunciadas as datas das modalidades Arrancada, Drift, Rally e Velocidade na Terra. Para o presidente em exercício da Federação de Automobilismo de São Paulo, Dr. Paulo Scaglione, o ano promete uma movimentação ainda maior do que aquelas registradas recentemente:

“Nos quesitos velocidade no asfalto e kart temos, indiscutivelmente, os campeonatos regionais mais disputados do País, consequência de um trabalho desenvolvido há anos. Já as categorias Arrancada e Rally devem experimentar um crescimento destacado em 2023.”

Segundo o dirigente, as causas para isso são distintas:

“No primeiro caso o motivo é a abertura do SPID (São Paulo International Dragway), no ano passado. Trata-se de um centro de padrão internacional que não fica nada a dever às pistas de arrancada dos Estados Unidos. Já o rally deverá capitalizar em cima do bom desempenho dos brasileiros no Dakar, em particular, o terceiro lugar conquistado pelo Lucas Moraes.”

Um dos pontos mais críticos do calendário paulista de velocidade no asfalto é a interdição do autódromo de Interlagos em decorrência de festivais de música e do GP de Fórmula 1. Como consequência desses eventos é preciso buscar soluções para manter em atividade os profissionais dedicados à preparação e manutenção de automóveis e equipamentos e atender à demanda de treinos de pilotos e técnicos.

“O uso de Interlagos para outros fins que não aqueles que levaram à construção de Interlagos afeta diretamente o esporte a motor”, comenta Scaglione. “Para atenuar as consequências disso buscamos alternativas que possam caber no orçamento das equipes e pilotos, ainda que com algum custo extra. Por isso consideramos realizar uma ou outra etapa fora do estado de São Paulo, possivelmente em Goiânia (GO). Uma decisão sobre isso deverá ser anunciada em breve.”

O calendário completo e notícias sobre o automobilismo paulista podem ser acessados no site da FASP, onde também são publicados o calendário anual e os resultados oficiais de cada prova realizada sob supervisão da entidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

De contrato renovado, André Negrão tenta novo título pela Alpine no WEC

Brasileiro já realiza testes nesta quarta-feira, na pista de Portimão, Portugal O paulista…