Principal Matérias Motovelocidade A um dia da chegada, Monster Energy Honda está no top 10 das motos do Rally Dakar 2023

A um dia da chegada, Monster Energy Honda está no top 10 das motos do Rally Dakar 2023

Término da prova será neste domingo (15/1), em Dammam, Arábia Saudita

Al-Hofuf (Arábia Saudita) – A penúltima etapa do Rally Dakar 2023, realizada neste sábado (14/1), foi uma despedida às inóspitas paisagens no deserto Empty Quarter, na Arábia Saudita. Com início em Shaybah, o percurso do dia incluiu 673 quilômetros, 153 deles de especial (trecho cronometrado), até Al-Hofuf. O cenário da 13ª etapa foi composto em sua maior parte por dunas (84%). A equipe Monster Energy Honda superou o desafio, que exigiu grande resistência dos pilotos e das motocicletas CRF 450 Rally.

O piloto francês Adrien Van Beveren fechou o dia em quarto lugar (diferença de 2min05s para o vencedor da etapa) – mesma colocação que ocupa no ranking geral das motos. O chileno Pablo Quintanilla foi o oitavo colocado (a 3min33s do vencedor da etapa) e segue em quinto na classificação geral. Após vitória no dia anterior, José Ignacio “Nacho” Cornejo, também do Chile, foi o primeiro a largar e teve a missão de abrir a prova. O piloto terminou com o 14º melhor tempo da etapa (diferença de 7min42s para o líder do dia), desempenho que o mantém na oitava posição da classificação geral.

A última etapa do Rally Dakar 2023 completará a volta ao mar vermelho, conduzindo a caravana até às margens do Golfo Pérsico, em Dammam, neste domingo (15/1). O percurso terá deslocamento de 270 km e especial de 136 km de extensão, com trecho de praia bastante rápido antes da chegada à cerimônia do pódio.

O último dia inclui largada reversa, ou seja, os pilotos mais lentos abrirão e os primeiros colocados fecharão a etapa. A prova tem a Arábia Saudita como sede pelo quarto ano consecutivo e traz roteiro total de cerca de 8 mil km – mais de 4 mil deles de trechos contra o relógio.

Confira o que disseram os representantes da equipe Monster Energy Honda:

Ruben Faria (Diretor geral da equipe Monster Energy Honda) – “O Rally Dakar deste ano é com certeza um dos mais competitivos de todos os tempos. As diferenças na classificação são muito apertadas após cerca de 43 horas de corrida. Não estamos na posição que queríamos, mas os nossos pilotos têm lutado etapa após etapa, dando tudo o que podem e tendo todo o apoio da equipe. Esse é o espírito e este é o Dakar, vamos continuar a dar o nosso melhor”.

Adrien Van Beveren #42 – “Eu forcei muito no começo, tentei ir rápido, mas com segurança – mesmo assim sofri algumas quedas nas dunas. Na classificação geral, estamos nas mesmas posições. Acho que este é o meu melhor Dakar, com um desempenho muito sólido. Ainda falta mais um dia, então vamos lutar até o fim”.

Pablo Quintanilla #7 – “Esta foi uma etapa bastante divertida de pilotar, com muitas dunas. Andei em um bom ritmo desde o início e no geral foi uma boa etapa. Falta mais um dia e sei que dei tudo em cada etapa, por isso é assim que pretendo seguir até ao último quilómetro”.

José Ignacio “Nacho” Cornejo #11 – “Eu sabia que ia ser um dia difícil, porque tive de abrir a prova. Perdi algum tempo por conta disso, mas fiz o melhor que pude. Eu me senti bem ao longo do dia e estou feliz que todos os meus companheiros também puderam retornar com segurança ao acampamento. Agora vamos continuar e dar tudo o que pudermos na última etapa”.

Resultados – Rally Dakar 2023 / Arábia Saudita

Classificação geral Motos / após 13 etapas (extraoficial – cinco primeiros)
1 – Toby Price (AUS) – #8 – 43H 11′ 51″
2 – Kevin Benavides (ARG) – #47 – 43H 12′ 03″
3 – Skyler Howes (EUA) – #10 – 43H 13′ 22″
4 – Adrien Van Beveren (FRA)- #42 – 43H 27′ 42″ – Equipe Monster Energy Honda
5 – Pablo Quintanilla (CHI) – #7 – 43H 27′ 50″ – Equipe Monster Energy Honda
8 – José Ignacio “Nacho” Cornejo (CHI) – #11 – 43H 40′ 19″ – Equipe Monster Energy Honda

Etapa 13 / Motos (extraoficial – cinco primeiros)
1 – Kevin Benavides (ARG) – #47 – 02H 21′ 47″
2 – Michael Docherty (RSA) – #111 – 02H 22′ 14″
3 – Luciano Benavides (ARG) – #77 – 02H 22′ 44″
4 – Adrien Van Beveren (FRA)- #42 – 02H 23′ 52″ – Equipe Monster Energy Honda
5 – Toby Price (AUS) – #8 – 02H 24′ 15″
8 – Pablo Quintanilla (CHI) – #7 – 02H 25′ 20″ – Equipe Monster Energy Honda
14 – José Ignacio “Nacho” Cornejo (CHI) – #11 – 02H 29′ 29″ – Equipe Monster Energy Honda

Roteiro Rally Dakar 2023*

15/1 – Etapa 14
Al-Hofuf / Dammam
Deslocamentos – 270 km
Especial – 136 km
Total do dia: 406 km

* O roteiro é fornecido pela organização do evento e está sujeito a alterações.

Mundo Press – Assessoria de Imprensa da Honda Racing Brasil

Jornalista responsável: Ângela Monteiro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Motovelocidade: na Europa, Granado inicia testes para disputar dois Mundiais

Piloto de 26 anos treinará nesta terça-feira com sua Honda Superbike visando a preparação …