Principal Matérias Velocidade na Terra Obras da pista de arrancada de Foz do Iguaçu estão a todo vapor

Obras da pista de arrancada de Foz do Iguaçu estão a todo vapor

A pista de Foz do Iguaçu consolidará a região Oeste do Paraná como pólo de arrancada com pistas também em Cascavel e Toledo

As obras da pista de arrancada de Foz do Iguaçu começam na última semana com uma visita técnico do prefeito Chico Brasileiro ao local

As obras da pista de arrancada de Foz do Iguaçu estão a todo vapor. A primeira fase começou na última semana, quando o prefeito Chico Brasileiro, acompanhado do vice-prefeito delegado Francisco, do deputado federal Fernando Giacobo, do secretário de Obras Cezar Furla, do secretário de Esporte e Lazer Antônio Sapia, do secretário de Planejamento e Captação de Recursos Leandro Costa, do presidente da Câmara de Vereadores Ney Patrício; da vereadora Anice Gazzaoui, e do vice-presidente da Federação Paranaense de Automobilismo Bento Tino, visitou o local deu o ponta-pé inicial às obras. De lá para cá máquinas e operários trabalham intensamente.

Nesta primeira etapa será feita a terraplanagem do terreno e o fechamento do espaço, com muros de arrimo, alambrados e portões de acesso para máquinas e pessoal. O gasto inicial será de R$ 783 mil. A previsão é que a obra seja concluída em três etapas, tendo um custo aproximado de R$ 3 milhões.

O prefeito Chico Brasileiro destaca o potencial a ser explorado pelo turismo esportivo com o novo empreendimento. “Essa é a consolidação do trabalho de muita gente que se dispôs a ver esse complexo construído. Todas as nossas equipes se empenharam para transformar o projeto em realidade. Este será mais um campo de destaque para o turismo iguaçuense com a promoção de futuros eventos nacionais e até internacionais”, comentou o prefeito.

O deputado federal Fernando Giacobo, através de emenda parlamentar destinou cerca de R$ 1,5 milhão em emendas para a construção da pista – valor que será aplicado integralmente na segunda etapa das obras, previstas para o fim do ano – e também se comprometeu a destinar trabalhar pela aprovação de uma nova emenda para as próximas etapas. “É até difícil pontuar todos os diferenciais que Foz do Iguaçu possui em diversas esferas. Cria-se agora um novo local para eventos, elevando o município a uma nova categoria e tornando Foz do Iguaçu cada vez mais relevante para o Brasil”, relatou Giacobo.

Por proposição do jornalista Erdiley de Oliveira, o Oliveirinha, idealizar da pista de arrancada de Foz, o espaço se chapara Pista Internacional de Arrancada Delegado Recalcantti, homenageando o deputado paranaense falecido no dia 9 deste mês. Oliveirinha adianta que Recalcatti sempre atuou junto com o grupo de desportistas que lutam há anos pelo crescimento da arrancada na Terra das Cataratas e foi um dos primeiros parlamentares a abraçar a ideia da construção da pista.

Jornalista Responsável: Luiz Aparecido da Silva

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Transcatarina tem nova data para a edição de 2021

Devido ao agravamento da pandemia de Covid-19, a SC Racing decidiu adiar a data do 13º Tra…