Kartódromo Velopark, na Grande Porto Alegre, receberá as duas competições de forma simultânea

Velopark será palco do Gaúcho Profissional e Indoor (Vitória Drehmer)

O Kartódromo Velopark, um dos mais modernos do Brasil e palco de grandes eventos nacionais e internacionais, receberá no final de outubro, no mesmo final de semana, o Campeonato Gaúcho de Kart em duas modalidades, Profissional e Indoor.

E enquanto o segmento profissional tem seu regulamento quase finalizado, os pilotos do indoor já podem conhecer as regras que nortearão a competição (https://www.fgars.org/wp-content/uploads/2020/09/Ga%C3%BAcho-de-Kart-Indoor.pdf), marcada para os dias 24 e 25 de outubro.

Os pilotos serão divididos em três categorias – Graduados, Master e Sênior –, definidas basicamente pela idade e peso dos competidores. Será necessário ter a Cédula Desportiva da categoria PKI, emitida pela CBA para toda a temporada ao custo de R$ 208,00 ou a Licença de Prova Única (LPU), emitida pela FGA ao custo de R$ 72,80 e com validade apenas para este evento.

A taxa de inscrição custará R$ 600,00 entre os dias 21 a 30 de setembro e, dentro deste período, poderá ser pago em até três vezes no cartão de crédito. Neste valor está incluída a locação do kart e o combustível para as provas. Caso ainda restem vagas, novas inscrições poderão ser feitas entre 1º e 16 de outubro no valor de R$ 700,00 em parcela única. Inscrito, o piloto terá desconto de 10% na locação dos karts Techspeed para treinos livres e preparatórios para o evento.

O Campeonato Gaúcho de Kart Indoor terá quatro baterias para cada uma das categorias participantes, sendo duas classificatórias, uma pré-final e uma final. O campeão será o piloto que somar o menor número de pontos perdidos nas quatro corridas.

Profissional – O Campeonato Gaúcho de Kart no segmento profissional, por sua vez, tem diretrizes bem definidas. Ele, assim como o Gaúcho de Indoor, será organizado pela Techspeed.

“A Techspeed organizou muito bem os dois últimos sul-americanos no Velopark e teria organizado o de 2020 não fosse seu cancelamento em função da pandemia de Covid-19”, destaca André De David, Diretor do Departamento de Kart da Federação Gaúcha de Automobilismo (FGA).

Os valores a serem praticados no Gaúcho serão muito próximos aos do ano passado, quando a competição foi disputada em Venâncio Aires. E, para incentivar os pilotos neste momento ainda complicado para a economia brasileira, a FGA aceitará o pagamento do kit inscrição + pneus + combustível + aluguel do motor (para as categorias que utilizarem esta modalidade) em até 6 vezes no cartão de crédito.

Vão participar do Campeonato Gaúcho de Kart Profissional as categorias Mirim, Cadete, F4 Light, F4 Light, F4 APA e as 125cc, que terão sua formatação definida nos próximos dias.

Serão disputadas três baterias, a terceira com pontuação 50% a mais que as duas primeiras. Após o descarte da pior pontuação, o piloto que somar mais pontos será o campeão.

KG COM Assessoria de Comunicação – Erno Drehmer 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Copa F-Racers 2020 de kart entra na reta final

A 9ª etapa do campeonato aconteceu no último sábado (24). Segundo a organização, as duas e…