Apesar de dificuldades com o carro, piloto chegou a estar entre os oito primeiros na corrida 2 deste domingo

Etapa Goiânia (Rodrigo Ruiz)

Resistência, intensidade e superação foram pra pista do Autódromo Internacional de Goiânia para um final de semana histórico da Copa HB20. 47 pilotos e 35 carros se alinharam no grid para disputar quatro provas em dois dias de corrida. Entre eles, o HB20 #22 do piloto Edson Reis, que ultrapassou os próprios limites e, mais uma vez, andou entre os Pro, mostrando consistência e evolução na pilotagem, mesmo tendo enfrentado problemas com o carro.

Foto: Rodrigo Aguiar Ruiz

Corridas 1 e 2 – Etapa 2

Ainda na sexta-feira (14), na realização dos treinos livres, o carro #22 enfrentou problemas e passou por três trocas de câmbio, prejudicando a preparação do piloto Edson Reis às vésperas da primeira corrida. Na tomada de tempo do sábado (15), o piloto alcançou o P11 da categoria Super, largando na 13ª fileira do grid da corrida 1 e encerrando a prova na 12ª colocação do mesmo grupo. Na corrida 2, Edson teve maior consistência e encerrou a participação no P6 da Super.

Corridas 1 e 2 – Etapa 3

No segundo dia de provas da maratona do final de semana, Edson Reis apresentou franca evolução em relação ao sábado. Logo no classificatório, o piloto garantiu o P4 da categoria Super e encerrou no P11 a corrida 1. Na corrida dois, Edson fez uma excelente largada, andando em excelente ritmo e alcançando o pelotão de cima. O piloto chegou a figurar na primeira colocação da categoria Super e na oitava da categoria Pro. A partir da terceira volta, no entanto, o carro perdeu rendimento e acabou atingido, tirando Edson Reis da prova.

Créditos: Alessandra Seidel
Fotos: Rodrigo Ruiz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

João Pedro Maia disputa 4ª etapa da Fórmula Delta em Interlagos em busca de novas experiências

Segunda corrida da rodada terá transmissão ao vivo pela internet Campeão sul-americano de …