Rodada será disputada neste final de semana no Circuito Hungaroring, nos arredores de Budapeste, na Hungria

Spielberg (AUT) JUL 10-12 2020 – Steiermark Grand Prix at the Red Bull Ring. Felipe Drugovich #15 MP Motorsport. © 2020 Diederik van der Laan / Dutch Photo Agency

Pelo terceiro final de semana consecutivo a Fórmula 2 FIA estará na pista, cumprindo um calendário iniciado tardiamente em função da pandemia de coronavírus espalhada pelo mundo. E, depois de duas etapas intensas disputadas na Áustria, pilotos e equipes da categoria de acesso à Fórmula 1 chegaram à Hungria para a disputa de sua terceira rodada, que começa nesta sexta-feira (17) com a realização do treino livre e da tomada de tempos.

Novamente integrando uma programação que terá a participação da Fórmula 1 e da Fórmula 3, o brasileiro Felipe Drugovich chegou em Budapeste, capital da Hungria, bastante animado para as disputas do final de semana. “Temos boas expectativas, gosto da pista e foi nela que tive meu melhor resultado no ano passado, quando eu corria na Fórmula 3”, explicou o paranaense de Maringá, que venceu a corrida do domingo no final de semana em que fazia sua estreia na Fórmula 2, fato inédito para o automobilismo brasileiro até então.

Com duas etapas já disputadas, Felipe Drugovich e a equipe holandesa MP Motorsport já contabilizam vários e bons dados para evoluírem do último final de semana para este na Hungria. “Deveremos naturalmente chegar mais preparados para esta etapa no Hungaroring, mas não podemos esquecer que todos vão evoluir”, destaca Drugovich, 20 anos completados em maio. “Usaremos os pneus macios e médios nesta etapa. Então o trabalho será para maximizar a performance do carro com estes compostos, especialmente seu balanço, que sempre é muito importante. Foi com o balanço correto que cheguei à vitória na minha estreia há duas semanas”, lembra.

Spielberg (AUT), JUL 2-5 2020 – Austrian Grand Prix at the Red Bull Ring. Felipe Drugovich #15 MP Motorsport. © 2020 Sebastiaan Rozendaal / Dutch Photo Agency

 

Com 4,381 quilômetros, o Hungaroring é um circuito que oferece poucos pontos de ultrapassagem, característica marcante em toda sua história. “Essa dificuldade de ultrapassar faz com que a tomada de tempos seja muito importante, pois largar mal posicionado praticamente impossibilita um bom resultado”, ressalta Felipe Drugovich. “Então o foco inicial e primordial para essa etapa é a sessão classificatória”, completa.

As corridas serão transmitidas no canal da Fórmula 1 no YouTube – https://www.youtube.com/c/F1

Felipe Drugovich tem o apoio de Drugovich Auto Peças, que atua no ramo de peças para caminhões e ônibus, e da Noma, destaque no segmento de implementos rodoviários.

Confira a programação da 3ª etapa da Fórmula 2 (horários de Brasília):
Sexta-feira (17/7)
Treino Livre – 7h55 / 8h40
Tomada de tempos – 12h00 / 12h30

Sábado (18/7)
Corrida 1 (60 minutos) – 11h45 / 12h45

Domingo (19/7)
Corrida 2 (45 minutos) – 6h10 / 6h55

Por Erno Drehmer

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Felipe Drugovich teve final de semana na zona de pontuação na Fórmula 2 e se prepara para a 6ª etapa

Próxima rodada será em Barcelona, na Espanha, e terá início na sexta-feira, dia 14 Pelo se…