Reunindo grandes estrelas de F1, F2, Indy, WEC, Stock Car, F3 e F4, a vitória ficou com o especialista em corridas virtuais Erick Goldner, que largou da pole position e venceu; a última etapa, que será disputada na próxima quarta-feira (03), encerrará o campeonato com carros de Fórmula 1

Erick Goldner (Divulgação/ RF1)

 

A segunda etapa da Tríplice Coroa Virtual, torneio beneficente que homenageia as três maiores provas do automobilismo, foi realizada na última quarta-feira em La Sarthe, circuito que recebe as 24 Horas de Le Mans anualmente. Reunindo grandes estrelas de F1, F2, Indy, WEC, Stock Car, F3 e F4, a vitória ficou com o especialista em corridas virtuais Erick Goldner, que largou da pole position e venceu.

“Foi bom demais, já tinha batido na trave algumas vezes com o carro que não era minha especialidade. Fazia um tempo que não corria com o GT3, estava correndo mais com o GTE, mas a tocada é muito parecida. Eu gosto muito de correr nesse traçado de Le Mans, isso com certeza favoreceu muito meu desempenho. Estou muito feliz por essa primeira vitória com a parceria da Shell, uma parceria incrível no automobilismo virtual. Só tenho que agradecer eles por essa parceria”, diz Goldner.

Com 27 pilotos no grid, a prova teve 50 minutos de duração e aconteceu exatamente 97 anos depois da primeira edição das 24 Horas de Le Mans. Neto Nascimento (piloto virtual), Felipe Drugovich (F2), Bruno do Carmo (piloto virtual) e Dudu Barrichello (USF2000), que venceu a etapa de abertura em Indianápolis, fecharam o top-5.

Enquanto isso, Gabriel Casagrande (Stock Car), Miguel Paludo (Porsche Cup), Kiko Porto (USF2000), Felipe Baptista (Porsche Cup) e Beto Monteiro (Copa Truck) terminaram também entre os dez primeiros colocados. Com os pilotos utilizando o Ferrari GT3 na pista virtual, a corrida também serviu de preparação para três campeões da Stock Car: Daniel Serra, Felipe Fraga e Marcos Gomes correrão na 24 Horas de Le Mans Virtual nos dias 13 e 14 de junho.

Outros grandes nomes do automobilismo brasileiro que participaram da segunda etapa da Tríplice Coroa Virtual foram: Rubens Barrichello (F1 e Stock Car), Gustavo Ariel (kart), Lucas Kohl (USF2000), Pedro Cardoso (Stock Car), Luiz Floss (Endurance), Alberto Cattucci (Kart e Brasileiro de Marcas), Ike Ramos (Brasileiro de Marcas), Gerson Campos (Sprint Race) e Nonô Figueiredo (Stock Car). Jovens talentos do Brasil no kartismo europeu, Rafael Câmara e Matheus Ferreira representam a nova geração na Tríplice Coroa Virtual.

Com bastante experiência na plataforma iRacing, os pilotos virtuais seguem se destacando e ocuparam três das dez primeiras posições. Rafael Matta, Romar Arns, Bruno do Carmo, Bruno Miranda e Alex Montoanelli foram outros a figurarem no grid desta segunda etapa em Le Mans.

Organizada pela Virtual Challenge com promoção e divulgação da agência RF1, a Tríplice Coroa Virtual também incentiva doações para campanhas beneficentes, que são beneficiadas com o largo alcance das corridas – nas últimas seis semanas, as provas tiveram mais de 180.000 visualizações.

Em homenagem às três principais provas do automobilismo, a Tríplice Coroa Virtual também é destaque por disputar cada etapa do campeonato com um carro diferente: Fórmula Indy, GT3 e F1.

A última etapa, que será disputada na próxima quarta-feira (03), encerrará o campeonato com carros de Fórmula 1. A final da Tríplice Coroa definirá o grande campeão do torneio a partir das 20h (horário de Brasília) e será transmitida ao vivo nos canais Acelerados, Bandsports, F1 Mania, High Speed e Motorsport.com. Ainda neste domingo (31), o Bandsports exibe a prova realizada em Le Mans na íntegra, a partir das 8h30 da manhã.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Iveco Usual Racing espera repetir sequência de pódios em Cascavel

Equipe patrocinada pela Pro Tork retorna à pista que sediou a primeira etapa do ano da Cop…