Associação dos Kartistas da Região de Londrina vive momentos de transição de gestões e segue ritmo de Bruno Sgarioni, o presidente anterior, para receber também a Copa Brasil em 2021

kartódromo de Londrina

Tradicional na região de Londrina (PR) e no Estado, o Campeonato Paranaense Light de Kart deveria ter sido iniciado no último dia 28 de março. Adiada em função da pandemia do Coronavírus e sem data definida para seu início, a competição vive momentos de bastidores enquanto aguarda o retorno da normalidade na saúde mundial.

A nova administração da Associação de Kartistas da Região de Londrina, capitaneada pelo piloto Júlio Conte, vem mantendo o ritmo do presidente anterior, Bruno Sgarioni, e continua trabalhando em obras de readequação no Kartódromo Luigi Borghesi. O complexo receberá também a 22ª edição da Copa Brasil de Kart em fevereiro do próximo ano, evento em que a Cédula Desportiva 2020 terá validade para 2021.

“Estamos em um momento de transição de gestão na AKRL”, destaca Júlio Conte. “Foi sob a gestão do Bruno que conseguimos trazer a Copa Brasil para Londrina e este foi apenas um dos reflexos do ótimo trabalho dele. Estamos seguindo o ritmo, sempre no sentido de oferecer o melhor para os pilotos e equipes, e nossas obras estão quase finalizadas”, completa.

As principais melhorias que o kartódromo recebe neste exato momento estão no Parque Fechado e na iluminação.

Gestão Bruno Sgarioni – Presidente anterior, Sgarioni continua colaborando na AKRL e trabalha na conclusão de algumas obras iniciadas ainda em sua gestão. O dirigente – e também pai de piloto – marcou sua administração com a implantação de diversas benfeitorias no Kartódromo Luigi Borghesi.

Dentre as principais podem ser citadas a construção da lanchonete e churrasqueira, um novo Parque Fechado e sua cobertura, instalação de uma nova balança, aumento do paddock com sete novos boxes fechados, novas zebras na pista e renovação de 60% da parte elétrica.

Além disso, Sgarioni implantou um sistema de vigilância com 17 câmeras e alarmes novos, um melhor espaço pra lavagem dos karts e adquiriu vários equipamentos de manutenção para a o kartódromo.

No campo desportivo, Bruno Sgarioni levou para Londrina o Campeonato Paranaense e o Campeonato Sul-Brasileiro, este em duas oportunidades, eventos marcados por significativos números de pilotos inscritos, e também a próxima edição da Copa Brasil, competição de caráter nacional.

“Tenho um orgulho imenso de fazer parte desta comunidade que é o kartismo de Londrina e de poder ter colaborado nestes quatro anos em que estive à frente da AKRL”, comemora Bruno Sgarioni.

O Campeonato – O Paranaense Light, previsto para ser disputado em quatro etapas de duas baterias cada, terá a participação das categorias Cadete (para pilotos Mirim e Cadete), 125 Sprinter (Júnior Menor e Júnior), Graduados, 125 Master (Novatos, Sênior A e B e Super Sênior), F4 Graduados, F4 Sênior, Super Sênior e F4 Super Sênior Master.

Serão utilizados motores sorteados, fornecidos pela RBC, e a 4ª e última etapa terá peso maior em sua pontuação.

O novo calendário do Campeonato Paranaense Light será divulgado pela AKRL assim que a situação mundial se normalizar e que seja possível trabalhar em um novo planejamento.

KG COM Assessoria de Comunicação – Erno Drehmer

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Enzo Vidmontiene acelera nos EUA na disputa por vaga no Mundial de Rotax em Portugal

Piloto brasileiro vai competir neste final de semana no Campeonato Norte-Americano de Rota…