Competição faz uma pausa em função do Coronavírus e volta em data ainda não determinada

Categoria F4 reuniu o maior grid da etapa, com 34 pilotos na pista (Gilmar Rose)

Um dos mais importantes campeonatos do kartismo em nível estadual no Brasil, a Copa SPR Light reuniu 93 pilotos em seu tradicional palco para a abertura de mais uma temporada, a quinta de sua história. A rodada, que teve duas baterias para cada categoria, foi realizada no Kartódromo Internacional Beto Carrero, em Penha (SC).

Sempre contando com uma boa organização e ótimo diálogo com os pilotos, dois de seus principais pilares, a Copa SPR Light teve como ponto alto do final de semana a participação de duas categorias, a F4 e a Sênior, ambas com divisões internas.

Dividida em Sênior e Super Sênior, a F4 foi um espetáculo à parte em meio as altas temperaturas do último sábado (14). Com 34 karts no grid, as disputas pela vitória nas duas baterias foram intensas. Quarto colocado na primeira, Allan Ramos venceu a segunda e comemorou a vitória na etapa e a consequente liderança do campeonato na F4 Sênior. Guilherme Voltolini, apenas um ponto atrás (33 x 32), foi o segundo colocado, empatado em pontos com Roberto Wutshtrack Júnior. Rafael Prada, com 31, foi o quarto, seguido por Eduardo Guidi, com 22.

Marciano Oliveira venceu as duas baterias da F4 Super Sênior e dominou em sua categoria, garantindo o lugar mais alto do pódio e a liderança da Copa SPR Light. César Santos, o atual campeão, foi o segundo no pódio, seguido por André Napoli, Benê Spengler e Andrio Stelmach.

A Sênior, que reuniu 17 competidores em suas três divisões, teve vários campeões nacionais na pista. E foi um deles, Fernando Dias, quem venceu as duas baterias da divisão principal, garantindo a vitória na etapa inaugural da Copa SPR Light. O atual campeão da Copa Brasil na Sênior B teve no pódio a companhia de Iury Mucelin (2º), Gustavo Todescat (3º), Alexandre Rigon (4º) e Eduardo Szpoganicz (5º).

Na Super Sênior o primeiro lugar na etapa ficou com Edward Veiga, que chegou ao alto do pódio baseado na regularidade ao conquistar o segundo lugar nas duas baterias. Fernando Pastro, com apenas 3 pontos a menos, foi o segundo, seguido no pódio por Gonçalo Allage, Doglas Pierosan e Marciano Oliveira. Sérgio Ramos, com duas vitórias, foi o vencedor da etapa na Super Sênior Master, com Nirson Lenz na segunda posição.

A Mirim e a Cadete correram agrupadas e reuniram 12 “pilotinhos”, o futuro do automobilismo brasileiro. Guilherme Gomes venceu as duas baterias da Mirim e subiu no alto do pódio em sua categoria, tendo a seu lado a companhia de Christofer Araújo (2º) e Tomas Carrilo (3º).

Vencedor da segunda bateria, Augusto “Guki” Toniolo foi o primeiro colocado na rodada após empate com o segundo colocado. Somando 37 pontos, a mesma quantidade de Luca Waltrick, o piloto gaúcho subiu no alto do pódio exatamente em função do melhor resultado obtido na 2ª bateria, utilizada como critério de desempate. Waltrick foi o segundo, seguido por Gabriel Ferreira, Christian Mosimann e Igor Vacari.

Também competindo agrupadas, a Júnior e a Graduados igualmente mostraram belas disputas. Idilson Branco, com uma vitória e um terceiro lugar, sagrou-se o vencedor da etapa na Graduados, superando Augusto Fontanella (2º) e João Pedro Bortoluzzi, o terceiro colocado.

Mayke Naderer venceu as duas baterias e garantiu o alto do pódio e a liderança do SPR light na Júnior. O atual campeão foi seguido por Maria Eduarda Nienkotter, Erick Schotten, Rafaela Ferreira e Hamilton Acordi Júnior.

Outro atual campeão do SPR Light mostrou sua disposição em repetir o título conquistado em 2019. Igualmente vencedor das duas baterias, Eduardo Araújo foi o primeiro colocado na Júnior Menor, terminando à frente de Gabriel Moura, Alfredinho Ibiapina, Dimas Mota – estes três vindos da Cadete – e de Dudu Schons.

A F4 Júnior, divisão da F4 para pilotos mais jovens, teve dupla vitória de Felipe Tozzo, que assim garantiu a liderança no campeonato e terminou a rodada à frente de Allan Rodrigues, o segundo colocado.

Estreante na Copa SPR Light, a FT 170 levou 13 pilotos ao Kartódromo Beto Carrero e mostrou um belo espetáculo. Com vitória nas duas baterias, Leonardo Castilhos e João Wanderley garantiram o alto do pódio em suas respectivas divisões, Graduados e Sênior. Castilhos teve no pódio a companhia de Felipe Malinowski (2º), Eduardo Vargas (3º), Henrique Augusto (4º) e Eric Santos (5º). Vencedor na Sênior, João Wanderley foi seguido na classificação da etapa por Guto Schwochow, André Bassi, José Schutz e Patrick Coelho.

“Tivemos uma maravilhosa abertura de temporada, com quase 100 pilotos e inúmeras equipes”, analisa Jorge Garcia, promotor da Copa SPR Light. “Foi mais uma confirmação de que o SPR é um campeonato de sucesso e isso nos deixa muito felizes, pois o foco é exatamente entregar aos competidores um evento que os deixe satisfeitos. Agora vamos dar uma parada, esperando que a população brasileira e mundial consiga superar rapidamente este momento complicado que estamos vivendo”, finaliza.

Confira os resultados de pódio da 1ª etapa da Copa SPR Light:
Mirim
1 Guilherme Gomes – 40 pontos
2 Christofer Araújo – 34
3 Tomas Carrillo – 30

Cadete
1 Augusto Toniolo – 37 pontos
2 Luca Waltrick – 37
3 Gabriel Ferreira – 28
4 Christian Mosimann – 26
5 Igor Vacari – 20
6 Vinícius Martins – 20
7 Miguel Rossi – 14
8 Matheus Rodrigues – 8
9 Bernardo Araújo – 7

Júnior Menor
1 Eduardo Araújo – 40 pontos
2 Gabriel Moura – 34
3 Alfredinho Ibiapina – 28
4 Dimas Mota – 28
5 Dudu Schons – 22

Júnior
1 Mayke Naderer – 40 pontos
2 Maria Eduarda Nienkotter – 32
3 Erick Schotten – 30
4 Rafaela Ferreira – 22
5 Hamilton Acordi Júnior – 20
6 Enzo Marins – 15
7 Lorenzo Falconi – 11

Graduados
1 Idilson Branco – 35 pontos
2 Augusto Fontanella – 20
3 João Pedro Bortoluzzi – 17

Sênior
1 Fernando Dias – 40 pontos
2 Iury Mucelin – 32
3 Gustavo Todescat – 26
4 Alexandre Rigon – 17
5 Eduardo Szpoganicz – 16
6 Weverton Monteiro – 16
7 Juliano Rigon – 11
8 Sandro da silva – 9

Super Sênior
1 Edward Veiga – 34 pontos
2 Fernando Pastro – 31
3 Gonçalo Allage – 29
4 Doglas Pierosan – 26
5 Marciano Oliveira – 22
6 Luiz Correa – 20
7 Fernando Scotti – 15

Super Sênior Master
1 Sérgio Ramos – 40 pontos
2 Nirson Lenz – 34

F4 Júnior
1 Felipe Tozzo – 40 pontos
2 Allan Rodrigues – 17

F4 Sênior
1 Allan Ramos – 33 pontos
2 Guilherme Voltolini – 32
3 Roberto Wuthstrack Júnior – 32
4 Rafael Prada – 31
5 Eduardo Guidi – 22
6 Eduardo Navarro – 14
7 Ricardo Pinheiro – 11
8 Flaviano Ramos – 10
9 Juliano Rigon – 7
10 Anderson Weiss – 5
11 Jorge Fernandes – 3
12 Iuri Ziemer – 1
13 Willian Ferens – 1
14 Marcos Rubin – 0
15 Carlos Souza Júnior – 0
16 Diego Ramos – 0
17 José Santos – 0
18 Alessandro Marchini – 0
19 Ricardo Hilgenstieler – 0
20 Alexandre Rigon – 0
21 Tick Saliba – 0
22 Guto Schwochow – 0
23 Luigi Dambros – 0
24 Carlos Andrey – 0

F4 Super Sênior
1 Marciano Oliveira – 40 pontos
2 César Santos – 32
3 André Napoli – 30
4 Nestor Ferens – 28
5 Benê Spengler – 18
6 Andrio Stelmach – 14
7 Vicente Rando Neto – 11
8 Pedro de Oliveira – 9
9 Roberto Gomes – 3
10 Marcos Prestes – 0

FT 170 Graduados
1 Leonardo Castilhos – 40 pontos
2 Felipe Malinowski – 34
3 Eduardo Vargas – 28
4 Henrique Augusto – 26
5 Eric Santos – 22
6 Fábio Beal – 16
7 Valdir Germiniani – 11

FT 170 Sênior
1 João Wanderley – 40 pontos
2 Guto Schwochow – 34
3 André Bassi – 30
4 José Schutz – 24
5 Patrick Coelho – 24
6 Rômulo Coelho – 0

KG COM Assessoria de Comunicação – Erno Drehmer

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Copa F-Racers 2020 de kart entra na reta final

A 9ª etapa do campeonato aconteceu no último sábado (24). Segundo a organização, as duas e…