Em dia de treinos para novatos o brasileiro registrou o segundo melhor tempo

Divulgação (GeoxDragon | Divulgação)

Após as atividades da quinta etapa do Campeonato Mundial da F-E, no Marrocos, as equipes permaneceram na pista de Marrakesh, neste domingo (1º) quando foi realizada a primeira sessão de testes coletivos do ano para pilotos estreantes.

Após uma vitoriosa passagem pela F-2, nos três últimos anos, o brasileiro Sérgio Sette Câmara, recém anunciado como piloto reserva e de testes da equipe norte-americana GEOX DRAGON fez a sua estreia à bordo de um carro elétrico.

Junto aos técnicos e engenheiros do time o brasileiro se preparou bastante para as atividades e com a humildade, que sempre foi uma das marcas registradas de sua carreira, procurou aprender o máximo possível sobre as especificidades do carro e, também, das diferenças que envolvem as provas com os carros elétricos.

Com o carro #7, que por vários momentos foi o número que utilizou em sua carreira, o piloto de 21 anos foi se adaptando ao carro e ao circuito marroquino. Ao final do dia, com 42 voltas completadas, Sette foi o segundo mais veloz com a marca de 1m16s930. O mais veloz do dia foi o neozelandês Nick Cassidy, atual campeão da Super Fórmula.

“Foi um dia ótimo. Vivenciei uma experiência completamente nova de tudo o que eu já havia pilotado em toda a minha vida. A equipe me passou muitas informações, eu não cometi grandes erros e vim melhorando a minha performance a cada entrada na pista. Consegui dar muitas voltas, testar diferentes acertos tanto de classificação como de prova. Além disso, testei também o “Attack Mode”, uma coisa específica da F-E. Notei também muita diferença na forma de pilotagem da tomada de tempos, quando você tem 250 KW de potência para a corrida, que a gente tem apenas 200 KW. Mudam todos os pontos de frenagem e da aceleração. Por fim, na simulação de corrida, tem toda uma estratégia para economia de energia e utilização da alavanca de regeneração de energia durante a prova. Agradeço a oportunidade e atenção que o time me proporcionaram e espero, em breve, poder acelerar novamente este carro”, comentou o piloto de Belo Horizonte.

Confira o resultado final do teste:

1) Nick Cassid | Virgin    1:16.467
2) Sergio Sette Camara | Dragon 1:16.930
3) Filipe Albuquerque | DS Techeetah 1:17.092
4) Nicolas Lapierre | DS Techeetah 1:17.116
5) Kyle Kirkwood | BMW 1:17.272
6) Norman Nato | Venturi 1:17.302
7) Jake Hughes | Mercedes 1:17.303
8) Lucas Auer | BMW 1:17.327
9) Kelvin van der Linde | Audi 1:17.360
10) Sacha Fenestraz | Jaguar 1:17.490
11) Dani Juncadella | Mercedes 1:17.594
12) Mattia Drudi | Audi 1:17.703
13) Jamie Chadwick | Jaguar 1:17.721
14) Mitsunori Takaboshi | Nissan 1:17.799
15) Thomas Preining | Porsche 1:17.904
16) Pipo Derani | Mahindra 1:17.941
17) Jann Mardenborough | Nissan 1:17.942
18) Joel Eriksson | Dragon 1:18.019
19) Arthur Leclerc | Venturi 1:18.076
20) Sam Dejonghe | Mahindra 1:18.141
21) Alice Powell | Virgin 1:18.301
22) Antonio Fuoco | NIO 1:18.825
23) Daniel Cao  | NIO 1:19.234
24)Frederic Makowiecki | Porsche 1:19.374

Fotos: GeoxDragon | Divulgação

Assessoria de Comunicação do piloto Sérgio Sette Câmara
Quick Comunicação e Marketing

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Inscrições abertas para as 500 Milhas de Londrina

A tradicional prova de longa duração chega a sua 29ª edição e será disputada nos dias 20 e…