Batidas e enroscos tiraram a expectativa de um bom resultado, mas a equipe ficou contente com a atuação e recuperação do Menino de Ferro nas provas

Encerrada no último sábado (12), no kartódromo Beto Carrero, em Penha-SC, a 21ª Copa Brasil de Kart teve momentos de altos e baixos para o piloto Romullo Ribas. Estreante na competição, o Menino de Ferro e a equipe RVC, de Rodrigo Paixão, sabiam que o desafio de conquistar um bom resultado entre os 34 participantes da categoria Cadete seria grande, mas o traçado é uns preferidos de Romullo Ribas, e em vista dos contratempos sofridos, a equipe considera que ele teve uma boa atuação.

Acidente e quebra da corrente do Kart deixa Romullo Ribas de fora da primeira classificatória

“Na primeira classificatória o Romullo conseguiu avançar quatro posições na primeira volta, mas o kart de um concorrente subiu no dele. Com a batida a corrente do kart quebrou e ele teve que abandonar a prova. Na segunda bateria, ele largou de 31º e terminou em 16º lugar. Foram 15 ultrapassagens em uma corrida muito bem disputada. Ficamos todos felizes com a recuperação dele. Com a soma dos pontos ele foi para a final largando do 25º posto. Largou superbem. Na 2ª volta já tinha ganho sete posições e na quinta passagem um enrosco o fez perder quatro. Ele brigou muito, mas o kart já não rendia a mesma coisa. A posição que ele terminou foi a 22ª, mas para nós foi uma grande vitória! Voltou para a pista e mesmo com o kart ruim não desistiu. Fez o que pode com o que tinha nas mãos”, comemorou Rodrigo Paixão.

Acompanhe mais notícias sobre o piloto nas redes sociais www.facebook.com/romulloribas21 e Instagram @romulloribas21.

Texto e fotos: Eni Alves

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Copa São Paulo Light já tem calendário de 10 etapas para 2021

18ª edição do torneio terá apoio da RBC e provas em Interlagos O Departamento de Kart da F…