O Menino de Ferro conseguiu terminar as três provas da competição sem sofrer com toques ou batidas

O primeiro semestre no kartismo brasileiro não foi nada fácil para o piloto paranaense Romullo Ribas. Das 10 competições que participou, em sete o resultado foi prejudicado por toques e batidas. Foi assim nas duas etapas do SPR Light de Kart, em duas das quatro rodadas do Metropolitano de Cascavel, nas duas etapas do Sul-brasileiro e no Sul-americano de Kart.

No Open do Brasileiro, disputado na última sexta-feira e sábado, no kartódromo Delci Damian, em Cascavel, o Menino de Ferro conseguiu terminar as provas da Cadete. Devido a compromissos escolares, Romullo Ribas chegou no último treino oficial, na sexta-feira e fez o nono melhor tempo na tomada com 29 participantes. Com o kart novo e com alguns ajustes ainda por serem testados, a RVC Competições, do preparador Rodrigo Paixão, usou as corridas para acertar o equipamento e deixar o piloto de 10 anos mais confiante nas disputas depois de sete intervenções consecutivas.

“Depois de tantas batidas e avarias no kart estamos ajustando o equipamento novo. Com 29 participantes do Brasil inteiro na categoria Cadete, o Romullo teve boas disputas. Apesar de ter encerrado em 16º lugar, alcançamos o objetivo de testar os acertos. Continuaremos os treinos na pista até esta terça-feira, a fim de concluirmos os ajustes e ficarmos prontos para o Brasileiro de kart”, contou Rodrigo Paixão.

Romullo Ribas e a equipe RVC Competições esperam que a má fase tenha ficado para trás

Acompanhe mais notícias sobre o piloto nas redes sociais www.facebook.com/romulloribas21 e Instagram @romulloribas21.

Texto e fotos: Eni Alves

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Mittag Motores comemora dois finais de semana de vitória em sua preparação para o Brasileiro de Kart

Empresa especializada na preparação de motores e carburadores para o kartismo venceu na Co…